Tempo de leitura: 2 minutos

Clara Kauark, de vestido, entre colegas (Foto Charles Henri).
Clara Kauark, de vestido, entre colegas (Foto Charles Henri).

Finalmente, Itabuna prestará uma (justa) homenagem à arquiteta Clara Kauark. Autora de projetos arquitetônicos públicos e privados que mudaram a cara da cidade, a exemplo da Praça Rio Cachoeira (Beira-Rio), Clara faleceu em 3 de abril de 2011. Seu exemplo ficou não apenas nas belas obras planejadas pelos seus traços, reconhecidos também fora daqui. Clara, além de arquiteta, lutava por causas sociais.
Ano passado, a Câmara de Vereadores aprovou projeto que denominou Clara Kauark uma área do próximo à casa onde a arquiteta residiu.
Hoje à tarde, às 15h30min, na Rua Pedro Zildo Guimarães, Zildolândia), o governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e a Conder, assina a ordem de serviço para a construção da praça. A obra será tocada em parceria com a prefeitura.
A praça terá área de 1.588 metros quadrados. De acordo com a ordem de serviço, a obra deverá ser concluída em 90 dias. O investimento previsto é R$ 303.477,65.
A praça levará mais que o nome de Clara. O projeto é da própria arquiteta. Foi feito em 1988.
Praça Rio Cachoeira em foto de Rodrigo Leite de Almeida.
Um dos projetos de Clara, a Praça Rio Cachoeira em foto de Rodrigo Leite de Almeida.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.