Tempo de leitura: < 1 minuto
Visão panorâmica do campus Soane Nazaré de AndradeUesc (Foto José Nazal).
Visão panorâmica do campus Soane Nazaré de AndradeUesc (Foto José Nazal).

Personagens, fatos e versões do processo de estadualização da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) são resgatados em um documentário produzido pela jornalista Mariana Ferreira. A contrapartida traz revelações como a forma de escolha do professor Altamirando Marques para o cargo de reitor, após a renúncia de Aurélio Macêdo.

O documentário está disponível no Youtube e também aborda a economia sul-baiana nas décadas de 70 e 80 na leitura de personagens como José Adervan, do Jornal Agora, e o ex-secretário de Governo de Itabuna Moacir Smith Lima. Ambos apontam as causas do declínio da economia regional.

Estudantes da Uesc à época, Wenceslau Júnior e Rosivaldo Pinheiro falam da estratégia regional que levou à estadualização. O ex-reitor Aurélio Macedo ainda fala de como era o diálogo com o governador à época, Waldir Pires, e do sonho (que não se efetivou) de federalização da então Fespi. Confira o documentário.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.