Tempo de leitura: 2 minutos
Milhares de pessoas se concentraram na lavagem das escadarias da Igreja Matriz (Foto Wagnevilton Ferreira).
Milhares de pessoas se concentraram na lavagem das escadarias da Igreja Matriz (Foto Wagnevilton Ferreira).

Fiéis católicos de Canavieiras encerram nesta terça (14) as homenagens São Boaventura, santo padroeiro do município. Os nativos da Canes sul-baiana completam 300 anos de devoção a São Boaventura em 1718. Ontem (12), milhares de pessoas se uniram em uma mistura de sagrado e profano na procissão e lavagem das escadarias da Igreja Matriz.

O cortejo teve início às 11h30min, saindo da praça Maçônica, percorrendo a avenida Octávio Mangabeira (rua 13) até chegar à praça São Boaventura, onde está localizada a Igreja Matriz. O percurso foi animado pela Banda Selva Branca, no trio elétrico Atrevido, acompanhada de blocos, grupos de baianas, caboclos, capoeira, charangas e fanfarra.

Ao chegar na praça São Boaventura, o cortejo deu lugar ao comando das baianas e grupos de candomblé, que lavaram a escadaria da Igreja de São Boaventura e aspergem água de cheiro na cabeça das pessoas, num cerimonial que simboliza a purificação da vida. Esse simbolismo contagia a todos, que buscam a proteção do Santo e da entidades que representam o sincretismo das entidades do candomblé.

Prefeito e fiéis participam de lavagem (Foto Walmir Rosário).
Prefeito e fiéis participam de lavagem (Foto Walmir Rosário).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.