Tempo de leitura: 2 minutos

Manifestação em Itabuna teve baixa adesão.
Manifestação em Itabuna teve baixa adesão.

Fernando Gomes, de camisa azul clara, participa de ato contra corrupção em Itabuna.
Fernando Gomes, de camisa azul clara, no ato em Itabuna.

Cerca de 200 pessoas participaram, em Itabuna, da terceira manifestação nacional contra o governo da presidente Dilma Rousseff, neste domingo (16). O número é bem menor do que as manifestações de março e abril deste ano, quando até 1,5 mil pessoas foram às ruas.

A concentração no Jardim do Ó começou por volta das 15 horas. Logo após, puxados por carros e motos, os manifestantes desceram a Avenida do Cinquentenário e encerraram o protesto na Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio).

Mais uma vez, o destaque dos protestos contra a corrupção foi o ex-prefeito Fernando Gomes, alvo de condenações da Justiça Federal por desvio de dinheiro público. O ex-prefeito itabunense também responde a dezenas de processos relativos a atos de improbidade administrativa.

Outro destaque na manifestação em Itabuna foram pessoas ligadas ao movimento das maçonarias que saíram em defesa do juiz Sérgio Moro. Elas também pediam “cadeia aos corruptos”.

Cerca de 70 pessoas participam de manifestação em Ilhéus.
Cerca de 70 pessoas participam de manifestação em frente ao Palácio Paranaguá em Ilhéus.

EM ILHÉUS, SURPRESA
Enquanto os movimentos pedindo a deposição da presidente Dilma Rousseff e punição aos corruptos murchou, houve um sensível crescimento do número de manifestantes em Ilhéus. Cerca de 80 pessoas participaram dos atos na Terra de Gabriela.

Durante o protesto, pessoas posicionaram-se em frente à Catedral de São Sebastião e nas escadarias do Palácio Paranaguá, sede do governo municipal. Manifestantes exibiam cartazes com críticas ao PT e à presidente Dilma. Um deles fazia paródia com o dito pela presidente Dilma e dizia que a meta seria dobrada com a cassação de Dilma e, em seguida, do vice-presidente Michel Temer.

22 respostas

  1. Ilheús: fator João Luiz Wonderbag Filho, mais conhecido como “Lobão” que uivou nas redondezas na noite anterior chamando a matilha.
    Itabuna: não sei. Alguém sabe se Fernando Gomes é Vasco?

  2. Editor, há um exagero na matéria. Acreditamos, pelas imagens, que não mais de 150 pessoas tenham participado da manifestação. Ficamos tristes, pois o Brasil precisa escurraçar tudo que é político ladrão do poder e no entorno.

  3. O ex-prefeito de Itabuna não puxou manifestação,o mesmo aderiu a manifestação no Hotel Pálace. O quanto a quantidade de gente,só sei que,foram pessoas de espírito elevados cujo objetivo o Impeachment da Ladra da Dilma e toda corja de sindicato de ladrões do PT irem pra cadeia.

    Contudo,o que só fez robustecer a manifestação uma homenagem ao Dr.Sérgio Moro,homenagem merecida pela entidade milenar que é a maçonaria de Itabuna,só esta homenagem é suficiente e representa toda população de Itabuna.

    O quanto o crime que o Sr. Fernando Gomes cometera e responde conforme o anunciado, o mesmo pode ser canonizado em se comparar com o resto de lixo atômico de Dilma e Lula Lalau e todo resto de lixo do PT.

    Como foi visto nesta manifestação um regimento de polícia pra que? O que penso,foi pra coagir as pessoas presente,nem posso citar que são pessoas probas e crianças,o que pode alguém dizer que o Sr,Fernando Gomes é probo?

    Tanta polícia nesta manifestação e Mutuns uma grande festa,tipo festa de largo,o que se aglomerou mais de mil pessoas e nem policiamento,o quanto nesta manifestação duzentas pessoas e um regimento de Polícia e outro regimento aquartelado no quartel e Mutuns,cuja população e visitantes e nativos no extremo abandono pela prefeitura e pelo governador da Bahia.

    Mas,assim que a manifestação se aproximava da Praça Adami,desloquei me até meu doce Mutuns e as queixas do lugar eram essas, solicitara polícia para prestar segurança na festa em homagem o dia de Nossa Senhora da Gloria,o comando da polícia alegou que não podia atender devido a manifestação contra o PT.

    Às 17:3Ohs deste domingo tinha umas 7OO pessoas próxima da Catedral curtindo um som de uma banda cuja homenagem a Santa padroeira de Mutuns e as queixas eram o extremo abandono da estrada de Mutuns pelo prefeito,bem como a segurança pública pelo o governador da Bahia.

    Imagine uma multidão de visitantes e os nativos das fazendas bem como os nativos do lugar,o que fiz uma previsão de mil pessoas em Mutuns num evento e nem um policiamento.

    Eu sugerir as pessoas que,ao solicitar uma guarnição da polícia ao comandante da mesma,um espécie de sargento,Garcia,era alegar ao comandante que iria fazer uma manifestação contra os ladrões do PT. Ai a polícia aparecia.

    Desta maneira poderia os nativos serem atendidos e a população de Mutuns não sentiria “desprotegidas”de segurança pública o que já vive no extremo abandono pelo pior prefeito de todos os tempos de Itabuna,o Sr. Vane, pela a estrada intransitável,eu mesmo passei por dois carros atolados nos buracos.

  4. Deu mais polícia, o numero de manifestante foi pouco, dias uteis não se ver policias pelo centro da cidade…A ditadura voltou no governo de Rui Bosta……

  5. Não basta expulsar Dilma e o PT. É preciso também sanear os legislativos (federal, estaduais e municipais) e acabar com a proliferação de partidos politicos. Existem tantos partidos políticos no Brasil que pouca gente sabe a quantidade e/ou a ideologia de cada -nem eles.

  6. REPITO:
    Engraçado… nas imagens mostradas pelas diversas redes de televisão, só si viu caras de brancos recém-convertidas às classe média, alta ou baixa, óbvio, defensores de seus carrões, motos e apartamentos comprados com financiamento da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. Cara de preto e pobre mesmo, só se enxergou vendendo picolé ou garrafinhas águas mineral. Onde estava o real povo brasileiro – o desvalido – que, de verdade, tem o real direito de reclamar de governos e governantes? Com certeza: estava representado nos 18 mortos de mais uma horrenda chacina praticada pela polícia de São Paulo, sob os auspícios do psdb de Alckimin, Serra e Aécio.
    Vamos deixar de hipocrisia, gente, o nosso umbigo não é o início nem o fim do mundo!

  7. Fernando Gomes protestando contra a corrupção? Bem, so posso entender que ele nao gosta da pessoa Dilma, e nao do que ocorre em seu governo, pq se for pra reclamar de corrupção e de roubo, ai agora eu nao entendi foi nada,,kkkk. Alguem pode me explicar por favor?

  8. Caros leitores do PIMENTA, vou comprar muito óleo de peroba para passar em muito político cara de pau. Pelo que eu saiba as manifestações por todo o Brasil é para tirar políticos corruptos do poder, então o que é que esse ex-prefeito de Itabuna o tal do Fernando “Cuma” ta fazendo ai? Um elemento que está respondendo vários processos na justiça, só faltou aparecer na foto o seu discípulo o tal do Capitão “Capetão” Azevedo aquele que teve toda a sua gestão rejeitada pelo Tribunal de Contas dos Municipios da Bahia o TCM, então eu digo haja óleo de perobas para passar na cara dessa galera.
    ISSO É UMA VERGONHA.

  9. Gostaria que essas pessoas se manifestassem com o mesmo entusiasmo contra a gestão municipal de Ilhéus que é uma cidade bela, porém tão caótica e desorganizada que nos dá a impressão que não existem homens nesse lugar.

  10. Na contagem do G1 foram 3 mil, na do pimenta foram 200, um exagera pra cima outro exagera pra baixo, a verdade pouco importa, o país em sua maioria odeia esse lixo que é PT, ainda que nem todos venham as ruas!

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.