Tempo de leitura: < 1 minuto
Lomanto Júnior faleceu nesta segunda, em Salvador.
Lomanto Júnior faleceu nesta segunda, em Salvador.

O ex-governador Lomanto Júnior faleceu nesta noite de segunda (23), no Hospital Português, em Salvador, de insuficiência renal,  aos 90 anos. Ele governou a Bahia no período de 1963 a 1967.

Lomanto Júnior iniciou na política como vereador de Jequié, em 1947. Quatro anos depois, acabou eleito prefeito do município do sudoeste baiano. Em 1955, foi eleito deputado estadual e em 59 cumpriu novo mandato como prefeito de Jequié, saindo de lá para comandar o Estado em 63.

O político jequieense cumpriu dois mandatos como deputado federal, na década de 70, e foi senador pela Bahia no período de 79 a 87. Em 1993, novamente assumiu a prefeitura de Jequié, encerrando a sua carreira política. Uma das obras inauguradas por Lomanto Júnior quando governava a Bahia foi a Ponte do Pontal, em Ilhéus.

De acordo com familiares, o corpo de Lomanto Júnior será velado no Palácio da Aclamação, em Salvador, durante todo o dia de terça (24). Na quarta (25), o corpo será velado na Catedral de Santo Antônio, em Jequié. O corpo será enterrado às 17 horas de quarta, no Cemitério São João Batista, na sua cidade natal.

Uma resposta

  1. Fui surpreendido pela notícia assim que cheguei para trabalhar. Os vizinhos estavam na porta todos lamentando, aqui em Jequié. Hoje é um dia triste. Minha mãe passou toda a minha infância repetindo que eu só estava vivo graças ao Dr. Lomanto, que antes de eu nascer, mesmo sendo adversário político de meu avô conseguiu uma vaga para o tratamento dela em Salvador, o que salvou a vida dela e um ano depois eu nasci. Meu avô sempre que falava de dignidade e exemplos políticos, citava Lomanto Junior. É com muito orgulho que no meio de notícias de tantos políticos envolvidos em crimes que carrego este nome. Meus sentimentos para a família, para o Brasil e principalmente a cidade de Jequié.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.