Tempo de leitura: 2 minutos
Circo Negro encerrou temporada com casa cheia (Foto Clóvis Lunardi).
Circo Negro encerrou temporada com casa cheia (Foto Clóvis Lunardi).

A CiaSenhas de Teatro encerrou, no sábado (11), com grande sucesso a temporada do projeto Circo Negro em Circulação Nordeste, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus. E alcançou sua lotação máxima, com 200 pessoas na plateia. O elenco foi ovacionado pela qualidade do espetáculo.

Entre os presentes na plateia, na última noite, estavam membros da Associação de Surdos de Ilhéus, que acompanharam a encenação com a ajuda de intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Também foi disponibilizado o roteiro em Braile para deficientes visuais. A iniciativa foi gratuita.

O espetáculo Circo Negro está em cartaz desde 2012 e circulou por várias cidades das regiões Sul e Sudeste do Brasil e, no Nordeste, havia sido apresentado apenas em Recife (PE). A peça, que tem texto do argentino Daniel Veronese, trata de teatro falando sobre os vícios do teatro, intercalando as cenas com números circenses.

“Pela primeira vez, apresentamos sob uma lona de circo. Nunca tínhamos lidado com esse tipo de estrutura oferecida pela Tenda Teatro Popular de Ilhéus e foi uma experiência fantástica”, revelou a diretora do espetáculo, Sueli Araújo. Emocionada, a produtora Marcia Moraes, agradeceu ao público ilheense pelo carinho e receptividade. “Foi muito lindo. Superou todas as nossas expectativas”, disse.

Além das apresentações da peça, o projeto Circo Negro em Circulação Nordeste ofereceu oficina de formação de plateia para alunos da turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal do Banco da Vitória, no dia 07. E, na noite do dia 09, os estudantes assistiram ao espetáculo Circo Negro.

Ao final, falaram um pouco sobre suas impressões. “As pessoas esquecem que os adultos, além de trabalhar, também gostam de brincar, se divertir. E a gente se sentiu criança de novo. Foi muito bom”, disse a aluna Eliane Andrade dos Santos.

A tarde de sábado foi dedicada ao encontro Ação de Com-Vivência com integrantes da classe artística ilheense. O bate-papo foi dividido em três temas: arte e cidade, arte e público e arte e coletivo. Os participantes levantaram questões e comentaram suas experiências e impressões a partir dos assuntos eleitos.

O projeto Circo Negro em Circulação Nordeste é patrocinado pelo Ministério da Cultura e Petrobras Distribuidora. A ação executada pela CiaSenhas de Teatro foi selecionada pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016. Após a temporada em Ilhéus, os artistas de Curitiba seguem para Juazeiro do Norte, no Ceará, onde se apresentam nesta semana.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.