Bolsonaro demite Mandetta do Ministério da Saúde
Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico Luiz Henrique Mandetta anunciou, há pouco, a sua saída do Ministério da Saúde. Por meio do Twitter, o ministro disse, às 16h17min, que acabava de ouvir, do presidente Jair Bolsonaro, o aviso de sua demissão do Ministério da Saúde. O oncologista Nelson Teich deverá ser o substituto de Mandetta.

– Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.

Desde ontem, o ministro já sinalizava que a sua demissão ocorreria até amanhã (17). Desde março, Mandetta e Bolsonaro não se entendiam quando às ações de combate ao novo coronavírus.

O presidente da República defende que seja flexibilizado o funcionamento de todo o comércio e outras atividades econômicas, o isolamento vertical, que impõe o isolamento apenas a grupos de risco, enquanto Mandetta defendia o isolamento horizontal, que permite o funcionamento apenas das atividades consideradas essenciais.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.