Tempo de leitura: 2 minutos

Divulgado no início da noite desta segunda-feira (20), o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) confirma registro de 209 casos do novo coronavírus em mais de 20 municípios do sul da Bahia. Esse número deve ser alterado ainda hoje, pois as secretarias municipais sempre atualizam seus informativos diários depois.

No sul da Bahia, o município com maior número de casos é Ilhéus (79), seguido por Itabuna (54), Ipiaú (16), Uruçuca (13), Canavieiras (6), Itajuípe (6), Gongogi (5), Barra do Rocha (3) e Coaraci (3).

Ilhéus e Itabuna, estão, respectivamente, em segundo e quarto lugares entre os municípios campeões em ocorrências. Salvador (703 casos) e Feira de Santana (58) são, respectivamente, primeiro e terceiro lugares em registros de covid-19.

QUASE 1.400 CASOS NO ESTADO

No total, o estado registra 1.377 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 13,18% do total de casos notificados. Até o momento, 5.357 casos foram descartados e houve 47 óbitos, registrados nos municípios de Adustina (1); Araci (1); Belmonte (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (1); Itagibá (1) e Itapé (1).

Além de  Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (23); Uruçuca (2); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (20).

O 47º óbito ocorreu no dia 15 de abril. Era uma mulher de 60 com comorbidades que estava internada em um hospital público em Salvador. Ela residia na capital baiana.

Ao todo, 351 pessoas estão recuperadas e 158 encontram-se internadas, sendo 64 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

INCIDÊNCIA

Os casos confirmados ocorreram em 98 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (59,62%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Gongogi (701,46), Uruçuca (633,56), Barra do Rocha (525,03), Itapebi (487,38) e Ilhéus (486,67).

A mediana de idade foi 39 anos, variando de 4 dias a 97 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 29,80% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos e mais (250,72/ 1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa seguida de 30 a 39 anos (170,44/ 1.000.000 habitantes). Atualizado às 21h51min.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.