Atentado ocorreu na manhã desta terça-feira (4), na região oeste de Santa Catarina
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um atentado violento chocou a população de Saudades, município da região oeste de Santa Catarina. Na manhã desta terça-feira (4), um jovem de 18 anos, armado com facão, invadiu uma creche e matou três crianças, uma professora e outra funcionária da instituição. Quatro vítimas morreram ainda na escola e a quinta, após atendimento hospitalar.

De acordo com a Polícia Civil, 30 crianças com menos de 2 anos estavam na unidade. O ataque ocorreu por volta das 10h. O delegado Jerônimo Marçal, que investiga o caso, disse ao portal UOL que o autor da “barbárie” não escolheu suas vítimas. Tinha a intenção de matar o maior número possível de pessoas.

Algumas professoras perceberam o que estava acontecendo a tempo de trancar as portas das salas. Dois homens, um metalúrgico e um pedreiro, detiveram o jovem com golpes de barras de ferro, segundo relato do prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), que comentou a tragédia da cidade vizinha em entrevista à Band News FM.

O assassino, que não teve a identidade divulgada, também atentou contra a própria vida, mas sobreviveu e foi preso. Ele não tinha passagem pela polícia nem histórico de sofrimento psíquico. Segundo João Rodrigues, ainda não se sabe se o homicida teve um “surto repentino, ou se foi algo desses jovens de internet”.

Uma resposta

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.