Policiais (foto) foram mortos no dia 13 deste mês em Vitória da Conquista
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um confronto entre policiais e suspeitos de assassinar PMs no interior da Bahia deixou mais três ciganos mortos. Eles eram acusados de participação no assassinato do tenente Luciano Libarino Neves e do soldado Robson Brito de Matos. O duplo homicídio ocorreu na zona rural de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, no dia 13 de julho deste mês.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os ciganos foram flagrados armados, na cidade de Anagé, na tarde desta quarta-feira (28). Eles foram encontrados, às margens do rio Gavião, após uma denúncia anônima relatando a presença de homens armados.

SSP-BA informou ainda que equipes da 79ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e da Delegacia Territorial (DT) foram até o local, onde teriam sido recebidos atiro. Os três ciganos, que não tiveram os nomes divulgados pela polícia, foram atingidos.

Os ciganos foram socorridos para o hospital de Anagé, mas não resistiram. Um quarto cigano, que também confrontou com os policiais, conseguiu escapar do cerco e está sendo procurado. Segundo a polícia, com o trio as equipes recuperaram a pistola calibre 40 do tenente Luciano Libarino, roubada após ele ser executado pelos ciganos.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.