Com apoio da Prefeitura e de empresas, catadores criaram a Associação Itabuna Recicla para Viver Melhor
Tempo de leitura: < 1 minuto

Começou hoje (16) o 1º Seminário de Capacitação e Formação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Itabuna, na unidade local da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB). Promovido pela Prefeitura com a CVR Costa do Cacau, o curso reúne cerca de 160 catadores que sobreviviam da coleta de resíduos no antigo lixão,  desativado em maio deste ano. Com ajuda do município e de empresas, eles formaram a Associação Itabuna Recicla para Viver Melhor.

O seminário, que segue até sexta-feira (20), faz parte das ações de capacitação para que os associados consigam gerir o próprio negócio. O consultor municipal André Dantas afirma que as atividades desta semana iniciam a transição do grupo da informalidade, saindo das antigas condições degradantes de trabalho, para um processo de inclusão socioprodutiva.

O economista Rosivaldo Pinheiro, coordenador do Projeto Recicla Itabuna, da Secretaria Municipal de Planejamento, destaca que os agentes de reciclagem passarão a ter a visibilidade social e o reconhecimento que seu trabalho merece, já que são fundamentais para a destinação correta dos resíduos sólidos.

A CVR é responsável pela recepção dos resíduos coletados em Itabuna. Segundo o gerente comercial Maurício Sena, o seminário é um passo importante para que os catadores possam ser inseridos no mercado de trabalho, atuando na unidade de triagem da empresa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.