Latieres Leite em show no Festival de Jazz do Capão
Tempo de leitura: < 1 minuto

O maestro e compositor Letieres Leite morreu nesta quarta-feira (27), aos 61 anos, na casa onde vivia em Salvador. Segundo uma fonte do jornal A Tarde, o músico faleceu em decorrência de uma crise de asma provocada pela covid-19. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Soteropolitano, Letieres fundou e comandava a Orkestra Rumpilezz. Ele fez parcerias com os principais nomes da música baiana, a exemplo de Gilberto Gil, Carlinhos Brown, Caetano Veloso, Ivete Sangalo e Ilê Aiyê.

GOVERNADOR LAMENTA MORTE DE MAESTRO

O governador Rui Costa lamentou, por meio das redes sociais, a morte do arranjador, compositor e instrumentista. “Letieres revelou talentos com o projeto Rumpilezz e levou nossa percussão para o mundo”, escreveu.

Rui acrescentou que a morte do maestro é uma enorme perda para a cultura da Bahia e para todos que admiram sua genialidade. “Que Deus conforte o coração dos seus familiares”, concluiu.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.