Medida passará a valer nesta quarta-feira (1º)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os atendimentos presenciais nas unidades da Rede SAC em todo o estado estarão condicionados, a partir do dia 1º de dezembro, à comprovação da vacina contra a covid-19. A medida atende ao decreto estadual n° 20.907/2021, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de sexta-feira (26). Uma lista com as dúvidas mais frequentes pode ser consultada no site www.sac.ba.gov.br.

Com isso, os usuários precisam apresentar o documento fornecido no momento da imunização ou o Certificado Covid, obtido pelo aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde. A plataforma está disponível para Android e iOS e também pode ser acessada pelo endereço conectesus.saude.gov.br.

Caso o cidadão tenha perdido o cartão de vacinação ou se as informações do Certificado Covid não estiverem atualizadas, é possível solicitar a correção dos dados ou a emissão da segunda via do documento na unidade de saúde onde recebeu a vacina. Outra opção é apresentar o resumo da vacinação fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde.

Pessoas com orientação médica para não se vacinar deverão apresentar atestado médico com esse diagnóstico, assinado e carimbado com CRM legível. Crianças e adolescentes que ainda não têm idade para a vacinação devem ser acompanhados pelos pais, que precisam comprovar a imunização.

Quem aguarda a data do agendamento para a segunda ou a terceira dose pode buscar atendimento junto à Rede SAC normalmente.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.