Estação de captação é afetada e prejudica abastecimento de água
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) voltou a ter problemas nas estações de captação de água bruta em Rio do Braço e em Mutuns em decorrência da interrupção no fornecimento de energia por parte da Coelba. Na noite de sábado passado (27), mais uma pane comprometeu a programação do abastecimento de água em Itabuna.

Desde a última semana de outubro e praticamente em todas as semanas de novembro, houve quedas recorrentes de energia elétrica nas estações de captação da Emasa. Essas paradas se refletirão no abastecimento ao longo dos próximos 15 dias, já que a empresa trabalha com o sistema de manobras.

De acordo com o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt, as interrupções têm sido um complicador para a distribuição de água na cidade. “Cada hora de falta de energia em nossas estações, causa atrasos no sistema de abastecimento de até quatro horas. Isto termina gerando um efeito dominó, prejudicando todo cronograma de manobras”, afirma.

Mesmo diante do ocorrido no final de semana, João Bitencourt acredita que a Emasa conseguirá abastecer os bairros Sarinha Alcântara, Vila Anália, São Caetano e parte baixa do Guedes Pinho nesta segunda (29). Nesta terça-feira (30), Vila das Dores (Canecos) e parte alta do Loteamento Vitória Loup Soares devem ser abastecidos.

BANCO RASO

No Bairro Banco Raso, no final da manhã de hoje (29), operários da Emasa localizaram um vazamento não aparente na Rua Getúlio Vargas. A rede de 60 milímetros foi substituída e até as primeiras horas da manhã desta terça-feira todo abastecimento do bairro estará normalizado, segundo a Emasa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.