Marcolino representa juventude no Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ilheense Marcos Vinícius Vieira, Marcolino, está feliz com a oportunidade de representar a juventude no Conselho Estadual de Desenvolvimento da Comunidade Negra. Na cadeira titular há um mês, ele explicou ao PIMENTA que seu principal objetivo é ser um interlocutor da região sul da Bahia dentro do colegiado.

“Estou mais em contato com os artistas da cultura hip hop, mas a atuação do Conselho vai muito além das manifestações culturais. É um espaço para que a comunidade negra apresente, discuta e resolva suas demandas, especialmente as reivindicações sobre políticas públicas”, afirma o conselheiro.

Membro do grupo Cristãos contra o fascismo, Marcolino também destaca o papel do Conselho no diálogo com setores progressistas do cristianismo. “Estamos abertos para conversar com a comunidade e também trabalhamos para mobilizar as pessoas em torno das causas que estão diretamente ligadas com a vida cotidiana, como o combate à violência contra a juventude preta e a luta contra a intolerância religiosa”, concluiu.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.