Pugilistas e técnicos da comitiva baiana em Cuiabá
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os pugilistas baianos continuam em alta no boxe nacional. Pelo Campeonato Brasileiro da modalidade, ocorrido em Cuiabá, Mato Grosso, o estado conquistou dez medalhas: sete pelo masculino e três no feminino, além dos títulos por equipes. As lutas finais aconteceram no último sábado (11). O evento reuniu 260 pugilistas, de 22 estados brasileiros.

Para a competição, a delegação baiana viajou com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre), que concedeu as passagens aéreas de ida e volta para os atletas e a comissão técnica.

Kaiã Reis (até 63,5kg), medalha de ouro na competição, é considerado uma das principais promessas da Bahia no esporte. Isaías Filho (até 81kg) e Joel Ramos (acima de 91kg) também conquistaram o ouro. A Bahia ainda garantiu duas de pratas e duas medalhas de bronze. Já entre as mulheres, Tatiana Regina (até 60kg) foi a grande campeã.

Segundo o presidente da Federação de Boxe Olímpico da Bahia, Afonso Nunes, o resultado em Cuiabá evidencia o bom momento da modalidade no estado. “Mais uma vez a Bahia é declarada campeã brasileira de boxe masculino e feminino. Com esse resultado, nós mantivemos a hegemonia da Bahia no boxe brasileiro”, disse.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.