Fabya Reis se reúne com caciques de aldeias do município de Prado || Foto Manu Dias
Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta quarta-feira (15), a secretária de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, Fabya Reis, visitou aldeias indígenas da zona rural de Prado, município do extremo-sul da Bahia, acompanhada pelo prefeito Gilvan Santos (PSD). As comunidades foram atingidas pelas chuvas e enchentes, na semana passada.

Além de se reunir com os caciques e ouvir as demandas urgentes da população indígena, a secretária participou da entrega de 500 cestas básicas nas aldeias Cahy, Pequi, Nova Coroa, Mata Medonha, Jitaí e Aldeia Velha.

Já o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia distribuiu 200 cestas básicas, nesta quarta (15), para moradores do bairro Vale do Jucuruçu, em Itamaraju. A ação ocorreu em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Os militares continuam a visitar as residências para identificar as necessidades das famílias afetadas pelas enchentes.

GRAER RESGATOU 15 PESSOAS EM LOCAIS CRÍTICOS

Helicóptero do Graer recebido por comunidade do extremo-sul da Bahia || foto Manu Dias

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) entrou no sétimo dia de operação no sul e extremo-sul do estado. Até o momento foram utilizados aproximadamente 7,5 mil litros de combustíveis e realizadas 70 horas de voo, acumuladas em mais de 230 pousos e decolagens. O trabalho voltado para reduzir os impactos das enchentes na região inclui o uso de um avião modelo caravan e mais dois helicópteros.

As aeronaves já resgataram 15 pessoas em locais críticos e transportaram seis grávidas, seis crianças e cinco pessoas que necessitam de cuidados médicos. Ainda foram transportados 44 bombeiros e 37 outros profissionais, a exemplo de médicos e membros da Defesa Civil.

O transporte aéreo também é usado para levar alimentos e água a localidades isoladas devido aos danos que as chuvas causaram em estradas da região.

BALANÇO DA DEFESA CIVIL DA BAHIA

Até esta quarta-feira (15), a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) doou mais de duas mil cestas básicas para 23 municípios baianos, dos quais 21 se encontram em situação de emergência.

Além disso, a Defesa Civil da Bahia também doou kits humanitários, compostos por colchões, lençóis, travesseiros, cobertores e água, para as famílias em situação de vulnerabilidade, e rolos de lona para as prefeituras, como medida preventiva que reforça a segurança da população.

De acordo com a Sudec, a Bahia tem 18.130 desalojados e 6.770 desabrigados em função das chuvas. Houve registro de 12 mortos e 273 feridos. O total de pessoas afetadas pelas enchentes chega a 233.704.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.