Parte do aterro de rodovia deslizou no acesso ao distrito de Guaibim, em Valença
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os condutores que trafegam por três diferentes pontos de rodovias estaduais do baixo-sul baiano, nas BAs 250, 887 e 542, devem ficar ainda mais atentos, segundo comunicado da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), que monitora os trechos a fim de permitir a trafegabilidade de veículos nas vias.

A situação da passagem urbana de Ituberá, na BA-250, é a ocorrência nova registrada pela equipe técnica do órgão nesta segunda-feira (3), aumentando para 61 pontos de rodovias baianas monitorados pela Seinfra. As ações no acesso ao distrito de Guaibim, na BA-887, e da BA-542, entre Valença e a BR-101, ocorrem desde a última semana.

O tráfego de veículos na passagem urbana de Ituberá, na BA-250, está interrompido parcialmente para quem segue em direção a Piraí do Norte. A pista tem erosão causada por deslizamento de aterro na região conhecida como Pontilhão. Após avaliar a situação da via, a Seinfra irá iniciar uma intervenção emergencial no local.

No acesso ao distrito de Guaibim, em Valença, o trânsito para automóveis de pequeno e grande porte na BA-887 havia foi liberado na última semana. O fluxo na chegada de Guaibim permanece parcialmente restrito até o início dos serviços de recomposição da via, previstos para esta semana. Na BA-542, o trânsito também foi retomado após o volume de água sobre a pista diminuir entre Valença e a BR-101, no quilômetro 10.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.