Custo da alimentação em alta nas duas maiores cidades do sul da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O mês de dezembro de 2021 foi de alta para o preço da cesta básica em Ilhéus e Itabuna, conforme pesquisa do Projeto de Extensão Acompanhamento de Custo da Cesta Básica, divulgada hoje (10) pelo Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

A chamada ração mínima ficou 0,91% mais cara em Ilhéus, chegando a R$ 482,87. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, oito produtos aumentaram de preço: café (6,68%), carne (6,67%), banana (5,68%), açúcar (4,46%), leite (2,15%), manteiga (1,56%), feijão (1,32%) e óleo (0,82%). Em contrapartida, reduziram de preço: tomate (-9,81%), pão (-5,93%) e arroz (-5,34%). A farinha de mandioca não apresentou alteração de preço em dezembro.

Já em Itabuna a alta da cesta básica foi ainda maior, de 2,11%, orçada em R$ 491,79. Seis itens aumentaram de preço: banana (27,06%), café (9,99%), farinha (6,93%), carne (3,54%), leite (2,89%), açúcar (2,66%). E cinco reduziram de preço: tomate (-8,28%), manteiga (-4,57%), feijão (-1,31%), arroz (-0,45%), e pão (-0,11%). O preço do óleo de soja não sofreu alteração.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.