Mário Alexandre e Fabrício Nascimento: "fiz minha parte", diz vereador
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), exonerou da Prefeitura de Ilhéus seis pessoas que tinham sido indicadas para cargos comissionados pelo vereador Fabrício Nascimento (PSB). A exoneração foi publicada na noite desta quarta-feira (2), poucas horas depois do voto do parlamentar a favor da continuação da Comissão Especial de Inquérito do Transporte, que foi extinta pela maioria dos vereadores.

Ouvido pelo PIMENTA na tarde desta quinta-feira (2), em conversa por telefone, Fabrício confirmou que havia indicado as pessoas exoneradas pelo prefeito. “Eles estão perdendo profissionais competentes, mas é a política, né?! Eu fiz minha parte”, declarou o parlamentar, que presidia a CEI do Transporte.

Com as exonerações, Alan Souza Nascimento deixa a chefia do transporte escolar; Anderson Gusmão sai da coordenadoria dos salva-vidas; Gilsonei Rodrigues deixa o setor de espaços culturais; Ryan Kyrie Nascimento não é mais diretor executivo do Procon; Sirlandra Barbosa sai da chefia administrativa da Secretaria de Serviços Urbanos e Distritais; e Waldeson Santos perde o cargo de administrador de bairro.

4 respostas

  1. Perseguição a quem atende a população. Que sujeito sujo esse prefeito. Tá na hora de lotar a câmara pedir improbidade administrativa desse prefeito. “QUEM NÃO DEVE NÃO TEME”

    1. Por favor né….todo prefeito faz isso quando o vereador vota contra e com Marão não ia ser diferente se não apoia perde os cargos de confiança sendo bom ou não… afinal é Brasil!!!!

  2. Acho que o Prefeito esta certo. Quem ta errado e o vereador que tem cargos no governo. O vereador para ter moral é etica, não teria que ter cargos políticos no executivo. E por isso que os vereadores quase que todos tem cargo de apadrinado no governo e ficam com o rabo preso

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.