Governo baiano emite alerta para pensionistas e aposentados com prova de vida atrasada
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Governo da Bahia emitiu comunicado, nesta sexta-feira (18), alertando que 2.385 aposentados e pensionistas da Previdência Estadual podem ter seus benefícios bloqueados por pendências do processo de prova de vida. O número corresponde ao total de convocados pela Superintendência de Previdência (Suprev) para fazer o procedimento em janeiro e, até quarta-feira (16), não tinham se recadastrado.

Ao todo foram convocados 11.797 beneficiários. Ao término do prazo, 7.738 pessoas fizeram a prova de vida presencialmente ou por chamada de vídeo. O estado prorrogou o prazo, mas, do total de 4.059 beneficiários restantes, apenas 1.674 resolveram a pendência.

De acordo com a coordenadora de Relacionamento com o Beneficiário da Superintendência de Previdência do Estado (Suprev), Sílvia Machado, o aposentado ou pensionista com benefício bloqueado pode ter a situação normalizada após a realização da prova de vida.

NOVA CONVOCAÇÃO

Neste mês de fevereiro, o Governo do Estado convocou novo grupo de beneficiários. O cronograma segue o mês de aniversário do aposentado ou do ex-servidor falecido que gerou a pensão previdenciária. A prova de vida pode ser feita por chamada de vídeo ou presencialmente, nos postos da Rede SAC.

Independentemente da forma escolhida, é necessário fazer agendamento prévio por meio do SAC Digital (www.sacdigital.ba.gov.br) ou pelos telefones 0800 071 5353 (para chamadas de telefone fixo, celular ou DDD) e (071) 4020-5353 (para ligações originadas do interior do estado e de celular).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.