Paulo Martins acompanhado da esposa, Luziana Medrado || Foto Instagram
Tempo de leitura: < 1 minuto

O corpo do policial civil Paulo Roberto Martins foi sepultado na tarde deste domingo (20), em Itabuna. O investigador faleceu na tarde de sábado (19), após sofrer um infarto fulminante em sua residência.

Paulo Martins entrou na Polícia Civil na década de 90, depois de anos atuando como operador de áudio da Rádio Jornal de Itabuna desde os anos 80.

Nas duas áreas de atuação, acumulou amigos e sempre foi reconhecido pelo profissionalismo e paixão. Paulo Martins deixa a esposa, a servidora pública Luziana Medrado, e quatro filhos.

PESAR

Na tarde deste domingo, a presidência da Câmara de Itabuna emitiu nota de pesar pela morte de Paulo Martins, com menção à servidora Luziana Medrado, esposa do policial.

“Nosso pesar é, especialmente, dirigido à colega Luziana Medrado, servidora do Legislativo, no setor de Contabilidade. Uma profissional correta, atenta e que compartilha delicadeza no trato com todas as pessoas com quem convive no dia a dia deste órgão público”, cita a nota assinada pelo presidente Erasmo Ávila (PSD).

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.