Quiosque no centro de Itabuna vira mijódromo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Era por volta das 10h da manhã de sexta-feira (25) quando um homem de calça jeans e camisa preta entrou em dos quiosques abandonados na praça Olinto Leone, no centro de Itabuna, e por lá ficou uns três minutos. Cerca de duas horas depois a cena se repetiu com outro usuário do espaço.

Essa movimentação estranha em uma das principais praças públicas de Itabuna vem ocorrendo diariamente e, os comerciantes e pessoas que passam pelo local já perceberam que o lugar vem sendo usado como banheiro público. A praça Olinto Leone é um espaço muito frequentado, principalmente por amigos para o bate papo.

O quiosque fica em um dos lugares mais movimentados do centro de Itabuna

Desde o início do ano que, conforme comerciantes, trabalhadores do comércio e pessoas que passam pela praça, o quiosque vem sendo usado por homens para fazer o xixi. Eles apelidaram o local de “mijódromo” do centro de Itabuna e reclamam que fedentina é insuportável.

O quiosque, que já serviu para exposição de quadros e para comercialização de produtos da agricultura familiar, também virou ponto de encontro de usuários de drogas, segundo relatos de quem transitam pelo local à noite. Eles afirmam que isso aumenta o perigo porque não sabe que tipo de pessoa está escondida lá dentro. E cobram medidas urgentes da Prefeitura de Itabuna.

2 respostas

  1. é obvio e fica clara a falta sanitários públicos em Itabuna ! pois se precisar usar tem que comprar algum produto no comercio e contar com a boa vontade do comerciante e isso quando na porta esta escrito INTERDITADO

  2. Uma cidade que não tem banheiro público dá nisso,falta banheiro público para população,vejo que o problema é da prefeitura fazer e mandar as condições de uso dos banheiros público da cidade.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.