Imagem da minissérie brasileira Cidade Invisível, produção original da Netflix
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta quarta-feira (16), a Netflix anunciou que testará a cobrança de uma tarifa extra aos clientes que emprestam os dados de acesso ao serviço de streaming a moradores de outras casas. A princípio, segundo a empresa, o teste será feito apenas em três países – Chile, Costa Rica e Peru.

Convertidas para o real, as tarifas adicionais serão de R$ 10,00 a R$ 15,00. A fase de teste, que será por tempo indeterminado, vai permitir que a empresa decida se estenderá ou não a nova regra para outros países.

A companhia emitiu comunicado sobre a nova medida. Segundo o texto, o compartilhamento dos dados de acesso diminui a capacidade de investimento em novas produções audiovisuais para os assinantes.  

“Queremos garantir que todos os novos recursos sejam flexíveis e úteis para os membros, cujas assinaturas financiam todos os nossos excelentes programas de TV e filmes”, assegura a empresa.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.