Augustão revela tática eleitoral por trás da decisão anunciada hoje (28)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Augusto Cardoso, Augustão, falou ao PIMENTA sobre a definição da sua pré-candidatura à Câmara dos Deputados pelo PT. Anunciada nesta quinta-feira (28), a decisão contrariou a expectativa de que ele disputasse cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Dois fatores pesaram na tática eleitoral do partido, revela Augustão. Primeiro, a proliferação de pré-candidaturas federais do campo oposto ao do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao pré-candidato a governador Jerônimo Rodrigues. Segundo ele, a ideia é equilibrar as forças na disputa regional.

– O partido entendeu a estratégia montada pelos adversários de Lula na região, de colocar todos os candidatos na oposição a Lula. E a gente sabe que um presidente precisa de uma bancada comprometida com a nação e a pauta do presidente da República. Nós estamos atentos a essas movimentações. Por isso, aceitamos o desafio – afirma o parlamentar ilheense.

O outro fator considerado, continua Augustão, é a dobradinha com o deputado estadual Rosemberg Pinto, líder do governo Rui Costa na Alba e pré-candidato à reeleição. O vereador decidiu apoiar o correligionário em Ilhéus.

Nos últimos cinco anos, em Ilhéus, o Governo da Bahia entregou o Hospital Regional Costa do Cacau, a Ponte Jorge Amado, a duplicação da BA-001 e o Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio. Para Augustão, graças a esses investimentos e à atração do projeto Porto Sul, o governo baiano elevou as perspectivas de desenvolvimento regional.

– A gente entende que a cidade e o sul da Bahia passam por um novo momento, que requer pessoas comprometidas em dar continuidade a esse projeto. Na história da nossa região, o apoio a Lula sempre foi massivo. Não temos dúvidas nenhuma de que Jerônimo dará continuidade a esse processo, que foi iniciado por [Jaques] Wagner e ampliado pelo governador Rui Costa – conclui Augustão.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.