Corpo de John Menezes foi encontrado nesta segunda-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Desde ontem (16), quando o corpo do motorista de aplicativo Sátiro Menezes Filho foi encontrado em Serra Grande, distrito de Uruçuca, colegas de profissão do jovem de 23 anos cobram o esclarecimento do homicídio.

Reunidos em carreata, os trabalhadores circulam pelas ruas de Ilhéus, onde Sátiro morava, buzinando seus veículos em sinal de protesto. A manifestação se repetiu na manhã de hoje (17), como mostra o vídeo abaixo.

Sátiro, que era mais conhecido como John, estava desaparecido desde sexta-feira (13). Ele foi chamado para uma corrida para Serra Grande e não fez mais contato com familiares e amigos. O corpo do trabalhador foi encontrado no final da tarde desta segunda-feira (16), em estado avançado de decomposição e com sinais de espancamento.

Morador da Lagoa Encantada, na zona rural de Ilhéus, John era considerado um jovem tranquilo e trabalhador. A violência de que foi vítima abalou a comunidade. A 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) é responsável pela investigação do crime.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.