Uma das obras embargadas é a da estação da Maramata || Foto Pimenta
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) confirmou a decisão liminar, da Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, que suspendeu a construção de estações elevatórias de esgoto da Embasa nas praças São João Batista e Mãe Laura Sandoyá, ambas no Pontal, na zona sul de Ilhéus. As obras estão suspensas desde julho de 2021 (relembre).

A informação foi divulgada pelo Coletivo Preserva Ilhéus, formado por organizações que moveram ação civil pública contra a estatal e a Prefeitura. Segundo o coletivo, a decisão do Tribunal foi publicada no dia 1º de junho. O governo municipal e a empresa pública ainda não se manifestaram.

Na mesma nota, o coletivo informa que a Superintendência do Patrimônio da União (SPU) vai rescindir o contrato de cessão que passou o casarão da Rua Conselheiro Dantas, localizado em frente ao Supermercado Alana, no Centro, à responsabilidade da Prefeitura de Ilhéus. Antigamente, o prédio era usado pela Marinha do Brasil. Hoje, está abandonado.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.