Tempo de leitura: < 1 minuto

Um barranco desabou na tarde desta quinta-feira (7), soterrou e matou operários de uma obra de macrodrenagem na localidade conhecida como Alto do Vilas, em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia. Os corpos dos trabalhadores Sandro da Cruz Regis e Lucival de Jesus da Conceição foram resgatados, no início da noite, por equipes do Corpo de Bombeiros.

Os corpos dos dois operários estavam a sete metros de profundidade, segundo informou o Corpo de Bombeiros. Sandro da Cruz e Lucival de Jesus eram funcionários da empresa Ero Construções e Engenharia Ltda, contratada pela Prefeitura de Porto Seguro para a execução das obras de implantação do sistema de drenagem pluvial em Arraial d’Ajuda. Eles seriam moradores de Salvador.

A Prefeitura de Porto Seguro divulgou nota lamentando a morte dos trabalhadores e informou que era responsabilidade da empresa Ero Construções e Engenharia Ltda os cuidados para evitar acidentes no local. “Cabia a empresa Ero Construções e Engenharia as devidas precauções para a segurança de todos os trabalhadores, conforme a legislação vigente”.

O Município informou que todos os órgãos competentes estão monitorando a situação e adotando todas as providências ao seu alcance, para reduzir ao máximo as graves consequências do desastre ocorrido. “Manteremos o público informado e faremos tudo que for possível para apurar, o que efetivamente aconteceu, apoiar as vítimas e suas famílias e punir eventuais responsáveis, para que este fato nunca se repita”, finalizou. Atualizado as 20h20min.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.