Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra líder religioso
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (27), o pastor de uma igreja de Jacobina, no norte da Bahia, suspeito de abuso sexual contra duas adolescentes da comunidade religiosa liderada por ele. O mandado de prisão foi cumprido por policiais da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

As mães das adolescentes denunciaram o pastor em abril. Segundo a denúncia, a violência sexual foi cometida quando as garotas estavam na casa do suspeito, em fevereiro passado.

Para o delegado Antônio Eduardo Brito, coordenador da 16ª Coorpin, o homem se valeu da posição de liderança espiritual para cometer os abusos. “Ele se aproveitou da confiança das mães, pelo fato de ser um líder religioso, e cometeu os crimes. A prisão foi decretada esta semana, quando levantamos a sua localização e cumprimos o mandado”, complementou.

O homem está preso, à disposição da Justiça, e as vítimas foram encaminhadas para atendimento psicológico.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.