Tempo de leitura: < 1 minuto

A prisão de um casal em Salvador (BA) revelou uma das estratégias que os criminosos estão utilizando para aplicar o Golpe do Pix. O homem e a mulher foram presos na tarde de quinta-feira (29), após prejuízos superiores a R$ 94,4 mil contra duas clínicas.

De acordo com as investigações, a dupla contratava o serviço do médico e combinava de fazer o pagamento dos honorários e custos hospitalares via Pix. Porém, realizava a transferência durante o início da madrugada, a fim de conseguir o comprovante para envio, porém sabendo que a transação não seria completada, já que, pelo horário, o banco não realizaria a compensação do valor, estimado em R$ 34.410.

A possibilidade de um engano se desfez assim que a vítima tomou conhecimento de que outro cirurgião havia tomado um prejuízo de R$ 60 mil depois de acertar o pagamento com os mesmos suspeitos. Foi observado na apuração das unidades policiais que as condições da transação financeira foram as mesmas.

Os dois foram autuados em flagrante por estelionato e responderão a inquérito policial regular.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.