Tempo de leitura: < 1 minuto

O colégio estadual em construção na Barra de Itaípe, em Ilhéus, será chamado de Professor Carlos Roberto Arléo Barbosa. A homenagem ao professor e historiador, que faleceu em fevereiro de 2022, foi proposta pela vereadora Enilda Mendonça (PT) e aprovada pela Câmara de Vereadores, que fez a indicação à Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC). Com a portaria 1.537/2022, a SEC definiu a escolha do nome do educador para a escola, segundo disse Enilda, na sessão legislativa desta terça-feira (16).

Arléo Barbosa foi presidente da Academia de Letras de Ilhéus (ALI) no período de 2009 a 2013 e professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), de 1974 a 2008, além de escritor admirado e respeitado. Entre as obras de Arléo estão Monarquismo e Educação (1972); Nhoesembé (1973); Notícia Histórica de Ilhéus (1973).

Nascido em Jequié, no sudoeste da Bahia, Árleo foi morar em Ilhéus ainda adolescente. Em 1988, o professor fundou o Colégio Fênix. Em 2004, foi homenageado com a entrega da Comenda do Mérito São Jorge dos Ilhéus, título dado a homens e mulheres que colaboram para o progresso do município.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.