Maior campeonato amador do sul da Bahia começa neste domingo (4)|| Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Começa no domingo (4) o Campeonato Interbairros de Futebol de Itabuna, maior competição amadora do sul da Bahia. Os jogos da primeira rodada serão realizados nos campos do Conjunto Habitacional Ceplac, Pedro Jerônimo e São Pedro, além do Estádio Luiz Viana Filho (Itabunão).

Depois de suspenso em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus, o campeonato será disputado por 49 equipes, divididas em 24 grupos. As primeiras partidas da rodada estão previstas para as 8h15min, com os confrontos Novo São Caetano x Novo Jaçanã,  Sarinha x Vila Anália e Zizo x Pedro Jerônimo.

A edição deste ano do Campeonato Interbairros conta com mais de 1.000 atletas inscritos. As partidas serão disputadas em 14 campos de várzea e no Itabunão. “Serão instalados toldos e banheiros químicos em todos os campos para os atletas, equipes de segurança e vendedores informais que vão comercializar comidas e bebidas” afirmou o secretário municipal de Esporte e Lazer, José Alcântara Pellegrini.

Divulgada a tabela com os primeiros confrontos do Interbairros de Futebol

Alcântara explica que o Interbairros de Itabuna é resultado de uma união de esforços entre as secretarias de Segurança e Ordem Pública, Infraestrutura e Urbanismo,  Esportes e Lazer e da Saúde que, inclusive, disponibilizará ambulâncias. “Teremos ainda um contingente da Polícia Militar, com homens e viaturas e a Guarda Civil Municipal”, afirma o secretário.

O Campeonato Interbairros de Futebol de Itabuna ocorreu pela primeira vez em 1993 e se consolidou como a festa do esporte e da integração entre as comunidades. A final da competição acontecerá no dia 11 de dezembro no campo do esporte amador, que será inaugurado ainda este mês.

A competição é uma vitrine para a descoberta de novos talentos no futebol da cidade. “Daqui já saíram muitas revelações para clubes amadores e profissionais do país inteiro. Acredito que, na rodada de abertura, muitos olheiros vão observar a performance dos nossos atletas para, quem sabe no futuro, integrar equipes profissionais”, afirma Alcântara.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.