Jovem foi morto no ano passado em Dário Meira|| Foto Reprodução TV Santa Cruz
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Tribunal do Júri condenou, nesta quinta-feira (15), José Neto de Oliveira Silva, a 16 anos de prisão em regime fechado. Os jurados concordaram com as provas apresentadas pelo Ministério Público da Bahia e puniram José Neto pelo assassinato de Kauan Silva de Jesus, de 18 anos. O crime foi em maio do ano passado.

De acordo com as investigações, José Neto de Oliveira matou o Kauan Silva com um tiro no peito, na praça do distrito de Planalto Íres, em Dário Meira. Conforme inquérito policial, o criminoso chegou ao local para matar outra pessoa, mas Kauan teria tentado acalmá-lo. A vítima estava acompanhada da namorada, que não foi atingida.

O julgamento foi no Fórum Doutor Virgílio de Paula Tourinho Neto, na cidade de Itagiba. Antes do início do julgamento, parentes e amigos de Kauan Silva protestaram no local onde o jovem foi assassinado. O condenado cumprirá pena em um conjunto penal da região.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.