Augusto em negociação com os deputados Daniel Almeida (PCdoB) e Lídice da Mata (PSB)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Por meio de emenda de bancada, Itabuna conseguiu alocar R$ 30 milhões para duplicar trecho urbano da BR-101. A emenda deverá ser incluída no Orçamento Geral da União (OGU) de 2023. Segundo o prefeito Augusto Castro, a ação contou com a mobilização das deputadas Lídice da Mata (PSB) e Alice Portugal (PCdoB), além de Paulo Magalhães (PSD).

O recurso, que será alocado no orçamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para a duplicação de trechos da rodovia federal, do Km 503 ao Km 509, que vai do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) à Chame Pedreira, sentido Buerarema, totalizando 6 quilômetros, com a construção de vias marginais do complexo viário, incluindo paisagismo e sinalização.

– Essa obra representa a reintegração da cidade dividida em dois extremos pela rodovia. Em nome de toda nossa população, agradeço o empenho dos deputados baianos que nos ajudaram bastante na alocação desse recurso no Orçamento Geral da União – disse Augusto Castro por meio de sua assessoria.

LICITAÇÃO EM BREVE

Ontem, o superintendente do DNIT na Bahia recebeu em audiência o prefeito Augusto Castro, que esteve acompanhado da titular da Secretaria de Planejamento, Sônia Fontes, e do presidente da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), Raymundo Mendes Filho.

– É grande a nossa expectativa de que a emenda de bancada seja aprovada pelo Congresso Nacional para que brevemente o projeto de duplicação do trecho urbano da rodovia federal seja licitado. Dessa forma, serão atendidas as necessidades para que a cidade inaugure novo vetor de crescimento em direção a zona oeste – disse Sônia Fontes.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.