Tempo de leitura: 2 minutos
Consórcio defende instalação de campus do IFBA em Camacan
Consórcio defende instalação de campus do IFBA em Camacan

Municípios membros do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima) vão se reunir, na próxima segunda-feira (16), em Salvador com a reitoria do Instituto Federal da Bahia (IFBA), para implantação do Campus Cima em Camacan, no sul da Bahia. “Queremos trazer este equipamento de ensino, para fortalecer a educação nos municípios consorciados”, pontuou o presidente do CIMA e prefeito de Santa Luzia, Antônio Guilherme dos Santos.

Para garantir a instalação do IFBA, um terreno foi doado pelo advogado Frederico Manoel Borges de Barros. O campus será instalado em Camacan, e, além do município-sede, atenderá Santa Luzia, Una, Canavieiras, Pau Brasil, Jussari, Arataca, Mascote, Itaju do Colônia e São José da Vitória. A previsão é de que em 2018 tenham início as aulas de cursos de educação a distância (EAD).

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Outro projeto atualizado, e discutido pelos prefeitos do Consórcio na quarta (11), foi o de regularização fundiária. Existem atualmente 600 requerimentos de regularização. Desse total, 90 áreas já foram medidas no município de Mascote. Os processos de regularização fundiária serão encaminhados para a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Governo do Estado da Bahia.

Participaram da reunião os prefeitos de Santa Luzia e presidente do Consórcio, Antônio Guilherme dos Santos; de Camacan, Oziel Rodrigues Bastos (Oziel da Ambulância); Pau Brasil, Barbara Suzete de Souza Prado; Jussari, Antonio Valete; e Mascote, Arnaldo Lopes da Costa; além dos técnicos Alda Sobral e Maria Aparecida Oliva Souza e o secretário executivo do CIMA , Maciel Azevedo Santos.