Rui Costa (à esquerda) com o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, Marão || Foto Clodoaldo Ribeiro
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), disse que o anúncio de construção de policlínica regional de saúde em Ilhéus consolida parceria da gestão local com o governo baiano, além de referenciar o município como polo do setor. O anúncio da policlínica em solo ilheense foi feito pelo governador Rui Costa, na sexta (23), em Itaberaba, Chapada Diamantina (relembre aqui).

– Esse equipamento consolida a parceria com o Governo do Estado e faz com que a qualidade da saúde pública avance de uma forma jamais vista. Agradeço a atenção, o apoio e carinho que o governador Rui tem com a população de Ilhéus e da nossa região, investindo em áreas fundamentais para a saúde e bem-estar do nosso povo – disse Marão.

Para o prefeito, a implantação do modelo de policlínica regional no município marca o processo de ampliação da assistência no interior do estado. Ele ressaltou investimentos recentes na saúde local feitos pelo estado, a exemplo do Hospital Regional Costa do Cacau e o Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio,  que deveria ser entregue em 28 de junho.

ATÉ 400 MIL HABITANTES

Segundo Rui, o projeto visa atender aproximadamente 400 mil habitantes das cidades que integram a região sul da Bahia. Juntas, Ilhéus e Itabuna atenderão cerca 800 mil pessoas, oferecendo acesso ambulatorial e especialidades diversas, em articulação com o setor de Atenção Básica e assistência hospitalar.

Além de descentralizar os serviços, a ampliação da estrutura física diminui os custos com atendimento e deslocamento para outras regiões. Rui destacou que o plano original previa 25 policlínicas, mas o projeto foi reconfigurado para atender a população com mais eficiência.

Torcedor declarado do Bahia, Rui está na bronca com o Esquadrão || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa usou redes sociais para mostrar que anda na bronca com o Bahia. Nesta segunda (19), ainda “chateado” com o seu time, ele novamente lançou um vídeo com reclamações após o Esquadrão (nem tão!) de Aço ser goleado pelo Flamengo, por 5 a 0, em pleno estádio de Pituaçu, em Salvador.

Revelou-se chateado. E exausto…

Mas…

O que se comenta nos bastidores é que a estocada de Rui não seria apenas no time. Seria uma indireta para o presidente do clube, Guilherme Bellintani, que se reaproximou do criador, ACM Neto, meses e uma eleição após ter feito juras de amor ao grupo do governador…

Agora, a bronca do Rui torcedor. Aperte o play.

Aulas em formato híbrido terá rodízio de alunos || Foto Carol Garcia
Tempo de leitura: < 1 minuto

As aulas na rede estadual de ensino baiana começam no próximo dia 26, de forma presencial, segundo anúncio feito pelo governador Rui Costa na noite desta terça (13). Será a segunda fase do planejamento do ano letivo 2020/21, passando do ensino 100% remoto para o híbrido, com rodízio de alunos.

O governador destacou que serão adotadas medidas de segurança no retorno das aulas. As salas serão ocupadas com metade da capacidade. A semana letiva passará a ter seis dias, dividida em dois grupos de estudantes. Um grupo terá aula às segundas, quartas e sextas, enquanto o outro às terças, quintas e sábados. “A ideia é dividir a turma por ordem alfabética, mas vamos dar liberdade para que cada escola possa fazer esse ajuste [da] quantidade de alunos em sala”, afirmou.

Ainda sobre as mudanças na educação, Rui disse que autorizou a ampliação da carga horária de professores de 20 horas para 40 horas semanais. “Vamos também zerar o chamamento do concurso de 2019 e vamos declarar o concurso encerrado. Ainda convocaremos professores no regime Reda para suprir as vagas existentes nas escolas”.

Durante o programa, ele também garantiu a oferta de transporte, alimentação escolar reforçada, internet com wifi e auxílio presença aos alunos da rede estadual de ensino.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa disse que vai convocar os últimos aprovados em concurso público da Polícia Civil, além de implantação de sistema de videomonitoramento em, pelo menos, 80 cidades baianas. As novidades foram anunciadas hoje (13) durante o Papo Correria, programa semana transmitido em redes sociais do governador.

Além da convocação de contingente residual do último concurso, Rui antecipou que as secretarias da Administração (Saeb) e da Segurança Pública (SSP) vão organizar novo concurso público para a polícia civil. De acordo com o anúncio, o novo certame ofertará total de 1.000 vagas – 800 delas para agentes, 100 para escrivães e 100 para delegados da Polícia Civil.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na véspera do Dia Mundial do Chocolate, comemorado hoje (7), o governador Rui Costa celebrou a data com chocolates produzidos pela Bahia Cacau, de Ibicaraí, sul da Bahia. Os chocolates são produzidos com cacau oriundo da agricultura familiar da região.

Presente na bancada do programa que durou um pouco mais de 1 hora, as barras de chocolates Bahia Cacau de 20g e 80g nos teores de cacau de 35%, 50%, 60% e 70%, foram apresentadas antes no final da edição. Para confirmar as qualidade dos produtos Rui Costa degustou uma dose de licor de mel de cacau. “Esse aqui é uma delícia, o licor com mel de cacau. Se não provou, prove que é uma delícia. Pode comprar que é sabor garantido”, afirmou

A Bahia Cacau é uma marca de chocolate da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidaria da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), com 104 agricultores de cacau associado. “Fico muito feliz por mais uma vez o governador prestigiar o sabor especial da Bahia Cacau”, frisou Osaná Crisóstomo do Nascimento, diretor-presidente da Bahia Cacau/Coopfesba, ao agradecer o apoio do Estado no empreendimento desde o ano de 2010.

O senador Jaques Wagner e o ex-prefeito ACM Neto
Tempo de leitura: 2 minutos

Partidários ligados ao ex-prefeito ACM Neto esparramam nas redes sociais, desde ontem (6), uma pesquisa que dá ampla vantagem ao presidente nacional do DEM na corrida sucessória baiana de 2022.

A pesquisa gerou um furdunço nos grupos de WhatsApp.

Por dois motivos principais:

1 – Traz Neto com mais que o dobro das intenções de voto de Jaques Wagner (51,9% x 24,2%); e

2 – “Trabalha” uma percepção de possível fadiga do PT após quatro governos consecutivos e poucas condições para repetir o feito destas disputas, com eleição e reeleição de seus candidatos (Wagner por duas vezes e Rui igualmente) e em primeiro turno.

Mas tem o diabo dos detalhes:

1 – A pesquisa é antiga, de 25 de março, feita pelo Instituto Paraná; e

2 – Não contempla, no cenário, o peso de dois dos maiores puxadores de votos na Bahia (Rui Costa e Lula).

Não custa lembrar o período junino de 2017, quando ACM Neto liderava o cenário para 2018. No final, o neto de ACM nem foi para a disputa ao entender que dificilmente bateria o candidato à reeleição, Rui Costa.

“É DESESPERO”…

Vendo que a pesquisa era antiga, veio a reação à estratégia do democrata. Éden Valadares, presidente estadual do PT, pôs-se a dizer que a esparramada de pesquisa antiga traz um sintoma. “O desespero é tão grande que ACM Neto anda comemorando pesquisa antiga”. Ainda houve o Instituto Paraná negando que tenha feito pesquisa para aferir o humor do eleitorado baiano nos últimos meses.

Sabe-se que a reação do dirigente petista também está baseada em levantamentos recentes. O ânimo do Palácio de Ondina é outro desde que o ex-presidente Lula foi considerado elegível para 2022, justamente ali naquele período da pesquisa com cheiro de mofo. Rui Costa já puxava Wagner para uma condição que o deixava em pé de igualdade com Neto. E melhorou ainda mais a condição depois da overdose de Lula no noticiário nacional e, consequentemente, a liderança do “Barbudinho” nos últimos levantamentos para 2022. Rui e Lula são os turbos do senador petista pela Bahia.

PELEJA SEM FOLGA

A leitura para 2022 – por enquanto – sinaliza para uma não repetição do baile de 2018, quando Neto desistiu da peleja aos 45 minutos do prazo final para convenções e jogou José Ronaldo no esparro. Com o sacrifício do lado democrata, Rui foi eleito com mais de 75% dos votos válidos.

Do lado governista agora, há contra Wagner, apesar do carisma do “Galego”, o passivo de dois governos dele. Ou seja, como ele vai trabalhar para reduzir a rejeição automaticamente acumulada nestes anos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Agenda do governador Rui Costa em Saúde e Caém reúne até opositores

No melhor estilo correria, o governador Rui Costa abriu e fechou a quinta-feira (1°) com agenda que teve até a oposição. Hoje, ele conseguiu reunir num só dia mais de 30 grandes lideranças políticas, entre prefeitos e vices, deputados federais e estaduais. Na agenda de entregas e inaugurações em Caém e Saúde, no Piemonte de Jacobina, Rui pavimentou a caminhada demonstrando a força da boa política em uma região marcada por acirradas disputas eleitorais.

De corações alegres e saltitantes, por receberem máquinas de manutenção de estradas e ônibus escolares, além da conversa ao pé de ouvido com Rui, os prefeitos de Senhor do Bonfim, Laércio Júnior(DEM), e de Pindobaçu, Dr. David(PP), ao lado de outros gestores, eram os que mais agradeciam ao governador o grande presente para a região que é a distribuição de equipamentos que ajudam as cidades a melhorar a qualidade dos serviços públicos prestados à população.

As imagens falam por si e a proximidade de gestos cordiais não deixou dúvida da diferença que Rui faz na política. Do encontro da política boa, ao lado de 15 prefeitos e do governador, participaram os deputados federais Daniel Almeida, Lídice da Mata e Marcelo Nilo; e os estaduais Adolfo Menezes, Ângelo Almeida, Fabíola Mansur, Jurandy Oliveira, Neusa Cadore e Niltinho. Tudo sob a batuta também do secretário de Relações Institucionais, Luiz Caetano.

E a cena não poderia ser outra, com manifestações das mais diversas formas, mas com cumprimentos a curta distância por causa da pandemia e sorrisos largos, mesmo que escondidos nas máscaras que protegem contra o coronavírus, revelaram a hegemonia que Rui tão bem caracteriza na Bahia mostrando que ele faz a diferença. Por lá, se dizia que ele “É o cara!”.

Rui anunciou a convocação na noite desta terça-feira (15).
Tempo de leitura: 2 minutos

O governo da Bahia publica, no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16), uma lista convocando mais 348 professores e coordenadores pedagógicos aprovados no concurso público da educação. Do total, são 306 professores e 42 coordenadores pedagógicos. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (15), durante o Papo Correria. Com a chamada, o Estado completa o número de 3.759 vagas ofertadas no certame lançado em 2017.

Os convocados deverão apresentar a documentação necessária em até 10 dias úteis, a contar do 1º dia útil após a data da publicação da convocação, no Núcleo Territorial de Educação (NTE) para o qual foi aprovado e ainda, no caso de Salvador, na sede da SEC, no CAB. Todas as informações estarão detalhadas no Edital. A previsão é de que os educadores assumam suas funções entre os meses de agosto e setembro de 2021.

Com a nova convocação, já são 3.053 professores, o que corresponde ao total de habilitados no concurso, e 706 coordenadores pedagógicos convocados. O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e em outros 26 municípios. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo NTE.

POLICIAIS 

Durante o Papo Correria, o governador também anunciou que 54 novos investigadores da Polícia Civil serão nomeados nesta quarta-feira (16). Com as nomeações, publicadas no DOE, a área de segurança pública passa a contar com 237 novos profissionais somente no último ano, entre delegados, investigadores e escrivães.

Esta é a segunda nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão.  Rui Costa anunciou ainda a convocação de 611 reservistas da Polícia Militar para voltarem a atuar em cargos não operacionais. O objetivo da medida é melhorar o trabalho da PM nas ruas, com a liberação de profissionais que hoje atuam em regime administrativo. A lista também será publicada no DOE desta quarta (15).

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quatro ou cinco cidades baianas devem receber a totalidade das doses da primeira remessa da vacina Sputnik V que chegará à Bahia. De acordo com o governador Rui Costa, as 300 mil doses serão aplicadas em todas as pessoas com mais de 18 anos dessas cidades. O objetivo, segundo o governador, é analisar os efeitos da imunização em massa nesses municípios.

A definição das cidades será feita em uma reunião ainda nesta segunda-feira (14), mas Rui adiantou que serão escolhidos municípios com até 50 mil habitantes.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Augusto, Rui Costa e Paulo Magalhães em audiência nesta terça (1º)

Numa audiência de pouco mais de uma hora hoje (1º), o governador Rui Costa recebeu o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, e se comprometeu a atender pedido de urbanização de dois dos acessos ao município sul-baiano pela BR-101.

Um dos acessos é o que liga a BR-101 ao trevo da Avenida Itajuípe, no Bairro Santo Antônio, região da antiga Estrela do Sul. O segundo acesso à área urbana é o prolongamento da Avenida Amélia Amado, até imediações do Centro Comercial de Itabuna, a principal central de abastecimento do município.

– O governado Rui Costa foi muito receptivo aos nossos pleitos e, além de se comprometer com a urbanização dos novos acessos à Itabuna, também garantiu a conclusão das obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Bairro São Caetano – afirmou Augusto.

MOBILIDADE

Conforme relata o prefeito, ainda na audiência o governador falou da importância da nova rodovia estadual que vai ligar os municípios mais importantes do sul baiano, a BA-649.

“A construção da nova BA, ligando Itabuna a Ilhéus, será um equipamento de mobilidade moderno, que vai trazer segurança e desenvolvimento. É um projeto sonhado por toda a região que estamos realizando”, disse Rui Costa a Augusto.

NOVO COMPLEXO EDUCACIONAL

Segundo Augusto, o governador também deu sinal verde para que seja construído um novo complexo educacional na zona norte de Itabuna. O complexo atenderá estudantes e comunidades dos bairros Fátima, Califórnia e Conceição.

“Amanhã, junto com o deputado federal Paulo Magalhães (PSD), que nos acompanhou na audiência com o governador, estaremos com o secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, para discutir sobre esse novo empreendimento educacional, muito importante para criar oportunidades para as nossas crianças, adolescentes e jovens”, comemorou Castro.

Augusto (à direita) com o governador Rui Costa no último dia 7, quando do anúncio da duplicação
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito Augusto Castro (PSD), de Itabuna, disse, hoje (1º), reconhecer o empenho do governador Rui Costa para construir nova rodovia ligando os maiores municípios do sul da Bahia, a BA-649, um traçado de quase 18 quilômetros à margem direita do curso do Rio Cachoeira.

– Essa é uma obra de grande impacto para toda a região. Agradeço e reconheço o empenho do governador Rui Costa em realizar esse sonho de várias décadas da população sul-baiana – afirmou.

O comentário foi feito após a publicação do edital de licitação para a construção da BA-649, que significa a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna. Hoje, o tráfego ocorre em sentido duplo à margem esquerda do Cachoeira.

O edital está publicado na edição de hoje (1º) do Diário Oficial do Estado. A abertura dos envelopes das propostas das empresas concorrentes da obra deve ocorrer em 15 de julho, conforme estimativa do governo baiano.

Nova BA está no traçado em vermelho, à direita do curso do Cachoeira

INTERMODAL SUL-BAIANO

Augusto Castro destaca que, com a implantação da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), que vai ligar Ilhéus a Caetité, na região oeste, e também do Porto Sul, complexo portuário que está sendo construído na zona norte ilheense, para o escoamento de minério de ferro e grãos produzidos na Bahia, a nova rodovia é de fundamental importância, diante do potencial de crescimento socioeconômico que essas obras representam.

– Itabuna é uma cidade privilegiada por ser cortada por duas importantes rodovias federais as BRs 415 e 101, com o complexo intermodal, nossa cidade será o centro logístico das empresas que irão se instalar na região para atender as novas demandas, e a nova BA é essencial para atender essas demandas – ressalta o prefeito.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa inaugura, nesta quinta (20), o Mercado Municipal de Itagimirim. A solenidade está prevista para as 9h.

Ainda no município do extremo-sul, também deverão ser entregues 30 barracas padronizadas e 30 kits de feira para a prefeitura. As ações, que beneficiam feirantes, foram articuladas pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Rui Costa também vai participar da inauguração da Praça da Bíblia, na sede do município, e da iluminação da entrada da cidade, com instalação de totem.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Durante o programa Papo Correria desta terça-feira (18), o governador Rui Costa anunciou mais três mudanças no secretariado. O ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (foto) assume a Secretaria de Relações Institucionais (Serin) em lugar de Jonival Lucas.

A Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) passará a ser comandada por João Carlos Oliveira, que deixa a Secretaria da Meio Ambiente (Sema).

Maurício Bacelar, da cota do Podemos, assumirá a Secretaria do Turismo (Setur), hoje ainda sob comando de Fausto Franco. Bacelar deixa a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

O governador, ainda nos próximos dias, deverá anunciar o novo secretário de Meio Ambiente. Outras pastas também devem sofrer mudanças no comando para atender a rearranjo eleitoral depois do despejo de nomes do PDT e PL, que devem apoiar ACM Neto em 2022.

Em Jaguaquara, Rui Costa inaugura sistema de abastecimento || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta terça-feira (18), às 9h, Rui Costa estará no município de Jaguaquara, onde vai entregar as obras de ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água, que vai atender também aos municípios de Itaquara e Irajuba.

Rui também participa da inauguração da Praça Centenária Dr. Rosalvo da Silva Jr., situada na entrada da cidade, e da pavimentação asfáltica de 19 mil metros quadrados, na sede.

Bebeto Galvão fala de experiências políticas e sucessão de 2022
Tempo de leitura: 3 minutos

O sul da Bahia vive a perspectiva de ter um senador da República pela primeira vez em 2023, caso Jaques Wagner vença a disputa ao governo do Estado em 2022 e, assim, abra espaço para o seu primeiro suplente na câmara alta.

Bebeto Galvão, ex-deputado federal e hoje vice-prefeito de Ilhéus, tem essa perspectiva de poder, mas evita falar dela. Afirma que torce pela manutenção de um projeto vitorioso no estado desde 2006, quando o PT engatou sequência de quatro vitórias em primeiro turno na corrida ao Palácio de Ondina, com Wagner, depois reeleito, e Rui Costa, já no segundo mandato. 

Na entrevista a seguir, Bebeto prefere falar de projetos e também como tem sido a experiência como vice-prefeito de Ilhéus. “Eu e [o prefeito] Mário [Alexandre, Marão] fizemos acordo de duas lideranças da cidade superando o velho maniqueísmo de ou ele ou eu e nos juntamos para Ilhéus dar um passo à frente”, afirma. Também fala de conversas iniciais que podem levar o PT – ou parte dele – para a base do Governo Marão. Confira os principais trechos.

BLOG PIMENTA – Como o sr. avalia esses quatro primeiros meses de governo como vice-prefeito?

Bebeto Galvão – É um desafio enorme. Tenho experiência de parlamentar, como vereador e deputado federal, e a capacidade de ajudar nossos municípios, a partir de Brasília, apresentando emendas, trabalhando pelo fortalecimento de nossas instituições regionais. Agora, na Prefeitura, estamos no front direto com a população, vivenciando o seu cotidiano, as suas demandas de infraestrutura, de saúde e tendo essa capacidade de ajudar a minha cidade articulando com o que construí em Brasília, ajudando com bons investimentos na minha cidade.

Com a reforma administrativa, o senhor deverá ocupar secretaria?

Eu e [o prefeito] Mário [Alexandre, Marão] fizemos acordo de duas lideranças da cidade superando o velho maniqueísmo de ou ele ou eu e nos juntamos para Ilhéus dar um passo à frente. E isso está ocorrendo. Basta verificar os investimentos na área privada, em Ilhéus, na região Sul, o Porto Sul, Ferrovia Oeste-Leste, que acaba de ser leiloada, os investimentos públicos e privados. E esses investimentos privados geram em nossa cidade um aquecimento da nossa economia e temos investimentos diretos do município em obras.

O que há em números que sinalizam essa retomada?

Fechamos 2020 com números positivos e, agora, Ilhéus vive momento extraordinário que ajudará nos investimentos em nossa região. Agora, a construção da BA vai ajudar na integração de Ilhéus e Itabuna. Na minha opinião, devemos pensar. Sentar, discutir essa região como aglomeração urbana para que, na escala de demandas, tenhamos melhores e bons serviços.

Ainda sobre a reforma, será momento para atrair novos partidos para a base governista?

Nós queremos fazer, da cidade, uma gestão com todos. E os partidos são a expressão organizativa dos polos de poder.

______________

Nós temos diálogo, ainda muito inicial, e vamos seguir nesse processo de conversa, porque conversa e caldo de galinha fazem bem a todos nós.

________

Uma das discussões é sobre a ida ou não do PT. O partido terá espaço no governo?

Nós temos diálogo, ainda muito inicial, e vamos seguir nesse processo de conversa, porque conversa e caldo de galinha fazem bem a todos nós.

Qual papel o senhor vai jogar em 2022, nas eleições?

Quem faz política está sempre aberto a discussão. O meu partido vai discutir nossa nominata [relação de nomes] para deputado federal e deputado estadual e as condições para 2022. É aguardar essa decisão.

Qual o cenário para 2022 na eleição ao governo estadual?

Esse ciclo de mudanças, conquistas e desenvolvimento continuará com [a eleição] do nosso [Jaques] Wagner e de todos da aliança que podem levá-lo à Governadoria novamente. Mantido o nosso grupo – e será mantido, porque temos responsabilidade com a Bahia, nós vamos disputar uma eleição bem situados.

O senhor está em posição confortável como primeiro suplente do senador Jaques Wagner. Isso faz aumentar a torcida, no plano estadual, com essa perspectiva de o senhor assumir o mandato no Senado?

[Risos] Faz aumentar a torcida para que a Bahia continue na trilha do desenvolvimento. Não é uma questão pessoal, mas de projeto. Nós temos um líder importante, que oxigenou a política da Bahia, abriu tudo isso. Parte das obras que estão sendo realizadas em nossa região vem do planejamento dos governos dele [2007 a 2014]. Portanto, vamos trabalhar para manter o nosso grupo unido, com Wagner governador. A consequência, em função da lei, é que, se ele ganhar a eleição, eu assumo [o mandato de senador da República].