Tempo de leitura: < 1 minuto

O Eduardo Suplicy anda numa fase daquelas. Quer aparecer a qualquer custo. A última foi vestir um cuecão vermelho para atender aos pedidos da bela e estridente Sabrina Sato, do Pânico, da Rede TV. Por essa (a foto vai abaixo), o Romeu Tuma, colega do senador e corregedor da Casa, já avisou que vai investigar o cabra por uma tal quebra de decoro parlamentar.

Disse Tuma que o comportamento de Eduardo Suplicy está fora de um padrão ético que um parlamentar deve ter.  Que Suplicy desempenhou um papelão, vá lá que seja, mas falar de ética logo ali naquela Casa, não convence ninguém, né? O senador deve ter embolado a língua. Então, em vez de pronunciar “fora de um padrão estético”, citou ético. Deve ter sido isso…

Abaixo, na foto de Ricardo Stuckert Filho, ele, o petista do cuecão vermelho.

Suplicy e o cuecão vermelho: quebra de decoro...
Suplicy e o cuecão vermelho: quebra de decoro 'estético'.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo abriu a boca numa reunião com membros do governo e da sociedade civil para deixar claro o seu descontentamento com alguns setores da sua gestão.

Ele anunciou que até dezembro terá secretário descendo o Cachoeira não em canoa, mas em ‘tábua de graxa’.

– Algumas coisas não estão andando certo, na linha que queremos.

Para quem ficou surpreso, Azevedo deixou o seu estilo ‘vaselina’ de lado e foi ainda mais claro:

– Algumas secretarias estão deixando a desejar…

O prefeito, no entanto, não quis nominar os secretários ‘improdutivos’.

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rafle é um dos candidatos à presidência da OAB.
Rafle é um dos candidatos à presidência da OAB.

O time de Rafle Salume está definido para a disputa da subseção da OAB/Itabuna. Rafle terá Cosme Reis na vice, Raimunda Crispim na secretaria-geral, Ana Luzia Velanes como adjunta e Rainer Rehem, tesoureiro. A eleição que escolherá a nova diretoria acontecerá no dia 25 de novembro.

Rafle é atual conselheiro da OAB/Bahia e também defende a reeleição do presidente Saul Quadros. Para ele, o atual dirigente garantiu representatividade no cenário nacional à OAB baiana.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após uma temporada de 25 dias em Salvador, a Exposição Fotográfica Rio do Engenho: Festas, Saberes e Sabores chega a Ilhéus. Até este sábado (17) pode ser visitada no foyer do Auditório Paulo Souto, na Uesc. A partir do próximo dia 5, a exposição estará no Teatro Municipal de Ilhéus.

Anabel Mascarenhas e Joliane Olschowsky assinam os trabalhos – a curadoria é de Juliana Menezes, Gisane Santana e Mércia Cruz. A mostra retrata a cultura e vivência da comunidade do Rio do Engenho, distrito rural de Ilhéus, e explora o ambiente cultural, a gastronomia, a produção agrícola e a comercialização dos produtos cultivados.

Em Salvador, a exposição – na galeria Nelson Daiha, no Museu da Gastronomia Baiana, no Senac Pelourinho -, teve centenas de visitantes de São Paulo, Minas, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Paraná, além de turistas de alguns países, como Reino Unido, Argentina, França, Alemanha, Austrália, Chile e Dinamarca.

.
A exposição retrata o dia a dia da comunidade rural de Rio do Engenho, de Ilhéus

Tempo de leitura: < 1 minuto
Gustavo Felicíssimo
Gustavo Felicíssimo

O escritor e pesquisador Gustavo Felicíssimo lança, nos próximos dias 22 (Ilhéus) e 23 (Itabuna), seu mais recente trabalho – Diálogos – Panorama da nova poesia grapiúna.

Antes, nessa sexta-feira, ocorre o pré-lançamento durante o 1º Congresso Nacional Linguagens e Representações, que se realiza na Uesc até amanhã.

Em Ilhéus, o lançamento será na Academia de Letras, e em Itabuna, na Biblioteca Plínio de Almeida. Quem for aos eventos poderá ouvir também um texto baseado em nos estudos – Poesia Grapiúna: Da sua fundação aos dias de hoje.

Tempo de leitura: 3 minutos

70-mm

Final 2,5

.

Se a média geral de qualidade dos blockbusters é baixa, menor ainda é a média dos filmes de horror que chega à maioria de multiplexes e derivados. Assim, quando qualquer coisa tem, além de um mínimo de respeito ao espectador, relances de domínio sobre as especificidades de gênero (para dribá-las ou para usá-las), ela pode dar a impressão de ser mais do que é. E um exemplo de filme que me passou exatamente essa sensação foi A Órfã (Orphan – EUA/ Canadá/ Alemanha/ França, 2009), de Jaume Collet-Serra (do A Casa de Cera de 2005).

A apresentação à história é eficiente ao mostrar, além de um sangue que marca, o suposto parto de um bebê “nati-morto” que parece filho do demônio, tornando inevitável a lembrança de O Bebê de Rosemary (1968); onde, é bom diferenciar, o investimento maior era na sugestão, menos no horror do no terror. Aqui, no entanto, quase tudo parece sugado, como referência ou cópia disfarçada, de A Profecia (1976), de Richard Donner. O porém é que, se no caso anterior a questão era uma coisa ligada a uma certa para-normalidade não didaticamente convencível, o mistério aqui persiste até ser revelado palavra por palavra antes do final. Não há espaço para o (que pode ser charmoso e funcional) incompreensível.

Embora não tenha a mesma proposta de Pânico (1996), por exemplo, A Órfã trabalha com várias referências (apesar de em menor quantidade e tom diferente do filme de Wes Craven), mas não consegue fazer com que o filme funcione como uma coisa só. Se por um lado detalhes – ou bem mais – remetem imediatamente a clássicos, e se a princípio assistimos a uma versão interessante do já (bem) feito e filmado, por outro presenciamos o finalizar do filme com uma citação a O Chamado 2 (2005).

Esse percurso, que alguns podem (não sem razão) dizer que se foi do luxo ao lixo, não significa tornar necessariamente o resultado ruim. Mas passa a sensação de que A Órfã usa a voz de outros de maneira decepcionante. Ao invés de estudá-las para se tentar emitir um som treinado e bem referenciado (uma primeira impressão otimista), ela dialoga com elas para alcançar um timbre final apenas afinado – parece faltar talento natural para se ir além.

A personagem “diabólica”, os sustos, um possível humor, a construção do ambiente, da atmosfera, do medo, de possíveis cenas indeléveis, tudo isso não chega a ser mau feito ou constrangedor, mas não vai além do bem executado. Se for para avaliá-lo fora do gênero, ele tende a pecar já que as concessões tendem a se tornar menos indulgentes no que diz respeito à complexidade de personagens; o drama parece pré-programado a ponto de termos de voltar a vê-lo como um filme de terror para buscar alguma relevância nele. Que tem momentos inspirados, é verdade, mas que se tornam pequenos quando pensamos, também, em equivalentes (de ideia ou imagem-som) nas fontes das quais ele bebe.

Filme: A Órfã (Orphan – EUA/ Canadá/ Alemanha/ França, 2009)

Direção: Jaume Collet-Serra

Elenco: Vera Farmiga, Peter Sarsgaard, Isabelle Fuhrman

Duração: 123 minutos

8mm

Inglório

Outra vez de mudança e com tempo naturalmente escasso, o texto dessa semana chega com antecedência. O que vem na contra-mão da ideia inicial, que seria atrasá-lo para poder rabiscar as primeiras sensações após a sessão de Bastardos Inglórios (2009) – de Quentin Tarantino. A sessão não muda – se tudo der certo, verei sim no sábado (17) aqui em Salvador –, mas o texto sobre ele fica pra semana que vem.

Filmes da semana:

1. Antoine e Colette (1962), de François Truffaut (curta) (***1/2)

2. Na Natureza Selvagem (2007), de Sean Penn (**1/2)

3. A Órfã (2009), de Jaume Collet-Serra (**1/2) (cinema)

4. Por um Punhado de Dólares (1964), de Sergio Leone (***1/2)

5. Por uns Dólares a Mais (1965), de Sergio Leone (***1/2)

Leandro Afonso é comunicólogo, blogueiro e diretor do documentário “Do goleiro ao ponta esquerda”

www.ohomemsemnome.blogspot.com

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Vara da Infância e Juventude da comarca de Itabuna realizou, durante todo o dia, um mutirão pela cidadania da criança e do adolescente. Uma das ações é o cadastro de candidatos e esclarecimento jurídicos sobre a adoção.

Também foi disponibilizada, gratuitamente, a 1ª via do registro de nascimento e carteira de identidade. A Defensoria Pública da Infância também encaminhou, gratuitamente, pedidos de teste de paternidade (DNA), ação de alimentos, tutela e adoção entre outros.

O Ministério Público atende pedidos de reconhecimento da paternidade com concordância dos pais. O evento foi realizado na nova sede da Vara da Infância e da Juventude, rua Nações Unidas.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) anuncia, para o próximo dia 22, um corte de 50% no abastecimento de água em diversos bairros da periferia e no centro – incluindo o Hospital Calixto Midlej. Serão realizados serviços de manutenção nos sistemas elétrico e hidráulico na captação do Rio do Braço e intermediária de Mutuns.

Além do centro, serão atingidos os bairros Antique, Monte Cristo, João Soares, Parque Boa Vista, Vila das Dores, Vitória Loup Soares, Nova Califórnia, Fátima, Santa Inês, Vila Zara, Fonseca, Novo Fonseca, São Pedro, Pedro Jerônimo, Maria Pinheiro, Zizo, Góes Calmon, Alto da Conquista, Vale do Sol, Daniel Gomes e Carlos Silva Andaraí.

Dia 29 tem mais.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou nesta sexta, 6, a segunda fuga em menos de trinta dias. Hoje, oito criancinhas não tiveram lá grandes dificuldades para superar o “queijo suíço” em que se transformou a cadeia pública do município. A polícia ainda teria disparado vários tiros para “amedrontar” os meliantes, que deram um ‘nem te ligo’ e seguiram na empreitada.

A lista de fugitivos é integrada por Anderson Santos da Conceição, Wannylton Santos Nobre, Wesley Campos Queiroz, Jonatas Martins Gomes, Juliano Silva Santos, Renato Cruz de Jesus, Wellington dos Santos e um identificado apenas como Tieres. Nenhum deles ainda foi recapturado. A última fuga ocorreu no dia 23 de setembro. Com informações do XilindroWeb.

Tempo de leitura: < 1 minuto

O atual prefeito Capitão Azevedo, vai imitar o ex, Geraldo Simões. O petista, como se sabe, em sua última passagem pelo Centro Administrativo Firmino Alves, deu prioridade em seu primeiro ano de governo (2001) à revitalização do centro da cidade.

A explicação de Simões: com poucos recursos, a prefeitura não conseguiria fazer um trabalho decente na periferia, e o centro, por ser menor, seria totalmente atendido. Agora, Azevedo anuncia um pacote de obras para o centro, tal qual Geraldo, enquanto a periferia aguarda.

Alguns dirão que há obras, sim, na periferia. Há, realmente. Mas não chegam a 10% dos bairros da cidade. Falta criatividade, dinheiro ou políticos são assim mesmo, deixam o que dá votos para o final de mandato?

Pra registrar: antes de sua saída, no final de 2004, Geraldo Simões correu contra o tempo e pavimentou mais de 60 bairros, numa parceria com a Petrobras. Aguardemos.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Política Etc

Souto: bens baratinhos são alvos de cobiça.
Souto: bens baratinhos são alvos de cobiça.

Um clima de euforia tomou conta da Assembleia Legislativa da Bahia na manhã desta sexta-feira. Tudo por causa de uma matéria publicada pelo Jornal A Tarde, sobre o patrimônio financeiro dos ex-governadores baianos.

Está lá na matéria que, entre os bens do democrata Paulo Souto, encontram-se um apartamento em área nobre de Salvador, que ele declara valer R$ 314 mil, e uma fazenda em Canavieras, cujo valor declarado é de R$ 85 mil.

O comentário geral é de que o preço dos dois imóveis está pra lá de depreciado. Acredita-se que o apartamento, situado em luxuosíssimo prédio de uma unidade por andar, valha pelo menos uns R$ 700 mil. Já a fazenda em “Canes”  não se sabe ao certo quanto vale, mas o deputado estadual Paulo Rangel (PT) se assanhou para fazer uma proposta “irrecusável” pelo imóvel. Diz que paga pelo menos o dobro do valor declarado, sem sequer olhar as terras.

Será que Paulo Souto aceita?

Tempo de leitura: < 1 minuto
.
.

O itabunense não pode se queixar de tempo para descanso. Depois do dia 12, mais um feriadão está à porta. Num acordo entre os sindicatos dos comerciários e do patronato, a próxima segunda, 19, será feriado em Itabuna.

O acordo foi levado ao prefeito Capitão Azevedo que, através do decreto 8759, antecipou o Dia do Comerciário.

Seguindo o decreto, bancos, lojas e shopping center fecham na próxima segunda. No Jequitibá Plaza Shopping, funcionarão apenas praça de alimentação, Zig Zag, casa lotérica e o cinema. O Dia do Comerciário (30 de outubro) foi instituído por lei municipal, de autoria do ex-vereador Luís Sena, em 1999.

O Sindicato dos Comerciários planejou um dia inteiro de festividades no Itabuna Esporte Clube. Segundo o presidente Jairo Araújo, haverá sorteio de brindes e o tradicional torneio de futebol, o Caixeiral. A programação começa a partir das 8h da próxima segunda, 19.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Virou uma novela sem graça e de grandes prejuízos à economia de Ilhéus e sul-baiana: depois de anunciar para outubro a liberação dos voos noturnos no aeroporto Jorge Amado, a Infraero comunicou ao governo municipal que somente em dezembro (60 dias, e olhe lá!) o terminal volta a operar sem restrições.

É um duro golpe no turismo da Costa do Cacau e no polo de informática, que definha e se torna cada vez menos competitivo.

Confira mais no Jornal Bahia Online.

Tempo de leitura: 2 minutos

– BANDO INVADIU CASA E EXIGIU RESGATE DE R$ 70 MIL

– EX-PREFEITO E FAMÍLIA FORAM AMARRADOS E AMORDAÇADOS


Ex-prefeito viveu manhã de terror e tensão.
Ex-prefeito viveu manhã de terror e tensão.

O ex-prefeito de Uruçuca, Dilson Argolo, o Dica, a enteada, a esposa e uma empregada viveram horas de terror e tensão nesta manhã de sexta-feira, 16, quando um bando invadiu a residência, os amarrou e exigiu R$ 70 mil de resgate.

A ação de invasão à residência foi rápida. Os bandidos aproveitaram que Dica sai sempre no início da manhã, por volta das 5h, para fazer cooper. Quando o político retornou, os bandidos invadiram a casa e anunciaram o sequestro.

Dica entrou em contato com familiares, que ligaram para o gerente da agência do Banco do Brasil na cidade, na tentativa de garantir o dinheiro ao bando, que usava um carro Gol e duas motos.

Os assaltantes os mantiveram como reféns, mas o resgate demorou a ser pago. O valor exigido não chegou por conta da interrupção (não-programada) do fornecimento de energia elétrica.

A agência local informou à polícia em Ilhéus sobre o sequestro. Quando os policiais e familiares chegaram à residência, os bandidos já tinham fugido, levando dinheiro, carro e equipamentos e objetos da casa. O carro da família foi abandonado a poucos quilômetros, no povoado ilheense de Banco do Pedro.

Já por volta das 11h, Dica, a esposa, uma enteada e a empregada foram encontrados amarrados e amordaçados no banheiro da casa. A residência fica localizada no centro de Uruçuca, próximo à igreja-matriz.

A polícia faz varredura nas áreas vizinhas ao município sul-baiano, situado às margens da BR-101.Possivelmente, o bando fugiu em direção a Itabuna, tomando a estrada de chão que liga Banco do Pedro a Mutuns, em Itabuna.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A travessa Santo Antônio, que dá acesso ao bairro Monte Cristo e à Unidade Básica de Saúde Dr. Ricardo Rosas (posto de saúde do Fátima) já não é o que se poderia chamar de ‘rua’. Após várias chuvas – no ano passado, não agora – a pavimentação desapareceu e deu lugar a um imenso buraco, que em vários pontos tem mais de 30 cm de profundidade.

Sem exagero, o tráfego ali só seria adequado a veículos fora de estrada, tracionados nas quatro rodas. Ou motos de trilha e cross. Um motorista, que tentava equilibrar o carro na cratera, comentou com este blogueiro, ao ser questionado sobre o nome daquela rua: “Que rua? A rua sumiu!”.

A travessa São joão é o retrato do abandono
A travessa São João, no bairro de Fátima, é o retrato do abandono - Foto: Pimenta