Vilas-Boas diz que sistema está pressionado || Foto Paula Fróes-Govba/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, explicou ao PIMENTA a divergência relacionada ao total de pacientes infectados pela Covid-19 e com confirmação laboratorial ou por teste rápido em Ilhéus desde o início da pandemia.

Na atualização dos números, Ilhéus apareceu com 425 pessoas infectadas na sexta (15), quando a Sesab fez a integração do banco de dados epidemiológicos com os municípios e, também, o Ministério da Saúde. Já neste sábado (16), o número de casos no município era 372. Diferença, a menor, de 53 infectados.

Por meio do Twitter, apontamos a diferença, a menor. Neste domingo (17), Vilas-Boas respondeu. Os 52 casos a menos foram retirados por inconsistência:

– O novo sistema de notificações do ministério não vinha permitindo os municípios enxergarem seus casos. Conseguimos desbloquear e alguns casos estão sendo expurgados por inconsistências – respondeu Vilas-Boas ao PIMENTA.

A Sesab havia computado para Ilhéus pacientes positivos que não residem no município. Outra inconsistência foi o registro de pacientes negativos como positivos, segundo explicação do secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, que, ontem (16), estrilou diante dos 425 casos atribuídos ao município baiano.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.