Fachado do Hospital Amec, em Camacan, no sul da Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O governo baiano anunciou para a próxima quinta-feira (4) a reabertura do Hospital Amec, em Camacan, no sul da Bahia, com estrutura de 30 leitos exclusivos para pacientes com quadro suspeito ou infectado pela Covid-19. A unidade deverá atender pacientes do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima), que abrange os municípios de Arataca, Camacan, Canavieiras, Jussari, Itaju do Colônia, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória e Una.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o Amec estava fechado há oito anos e foi 100% recuperado num período de 45 dias para receber os pacientes que precisam de atendimento de média e alta complexidade. O hospital terá estrutura com laboratório, raio-x, eletrocardiograma, câmara de desinfecção, dois ventiladores pulmonares e dois monitores multiparamétricos, conforme o governo baiano.

Com capacidade para 70 atendimentos por dia, o centro funcionará 24h por dia com uma equipe formada por profissionais das áreas de saúde e administração, entre eles enfermeiros, médicos, agentes de higienização, nutricionistas, farmacêuticos e pessoal de almoxarifado. Dos 30 leitos, 12 são de observação, 16 de enfermaria para internamento e duas unidades de urgência com respirador e monitor.

De acordo com o superintendente médico do Amec, Almir Gonçalves, a unidade irá receber e estabilizar os pacientes com sintomas prioritários e febre, tosse, falta de ar e dor de garganta. “Os que evoluírem para entubação também poderão ser atendidos na unidade e, posteriormente, serão regulados pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do estado da Bahia para um dos hospitais de referência na capital, após serem estabilizados”, afirmou.

Desde o início da pandemia na Bahia foram abertos mais de 1.700 leitos em todo o estado, sendo a maioria no interior. Ao todo, a estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus conta com 1.428 leitos na capital e 1.257 leitos no interior. Para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus, 285 leitos estão sendo instalados e 70 Unidades Pronto Atendimento (UPAs) irão realizar a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de maior complexidade.

Uma resposta

  1. Fico feliz em ver essa notícia fui a camacã a 3 anos atrás me deparei com a minha avó no hospital santo Antônio quando adentrei o hospital q vi as condições as lágrimas veio na hora de imediato comprei remédios para q ela aguenta se a viagem e a trouxe para Guarapari

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.