Chuvas causam alagamentos em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A chuva forte que cai na noite desta terça-feira (27) está causando alagamentos na região central e em vários bairros de Itabuna. Os problemas em decorrência do temporal são registrados em trechos das avenidas Ilhéus, Amélia Amado e Cinquentenário, no centro;  Manoel Chaves e Princesa Isabel, no bairro São Caetano; J.S. Pinheiro, entre o Centro Comercial e Lomanto Júnior.

De acordo com relatos de moradores, há trechos de alagamento também em bairros como Santo Antônio, Fátima, Califórnia, Pontalzinho, Lomanto, São João, Fátima Parque  Boa Vista, São Roque, São Caetano, Jaçanã, Santa Clara e João Soares. Já são quase duas horas de chuva, acompanhada de fortes trovões e relâmpagos.

Vale-alimentação estudantil será retomado agora em março
Tempo de leitura: 2 minutos

O governo estadual liberou R$ 44 milhões para garantir mais uma parcela do vale-alimentação para os cerca de 800 mil estudantes. Cada aluno da rede pública de ensino baiana recebe R$ 55 . O valor foi disponibilizado no cartão dos estudantes e somente pode ser usado na compra de produtos do gênero alimentício, a exemplo de feijão, arroz, macarrão, carne, frutas, verduras e café.

Para ter acesso à quarta parcela, o aluno ou o responsável devem usar o mesmo cartão Alelo que foi utilizado anteriormente e é aceito em mais de 18 mil estabelecimentos espalhados pela Bahia. “A quarta parcela segue os mesmos moldes das outras três. Os estudantes já possuem o cartão e as regras são as mesmas”, explica o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

Estudante do primeiro ano no Colégio Central, Natasha Alves, 16 anos, conta que o auxílio deu um alívio nas contas de casa. “É um valor muito importante para mim e acredito que para muitas outras pessoas, principalmente nesse período de dificuldade que estamos vivendo. Tivemos que cortar algumas coisas em casa e esse dinheiro ajudou meu pai a continuar comprando as merendas que gosto”, garante.

Leia Mais

Campus de Teixeira de Freitas tem mais um curso aprovado pela Capes
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) está com inscrições abertas em Processo Seletivo Simplificado para contratar Professor Substituto para vagas no campus Paulo Freire, em Teixeira de Freitas, no extremo-sul do estado. O candidato tem até o dia 9 de novembro para se inscrever.

São 5 ofertadas vagas para graduados em Engenharia Civil, com Mestrado em qualquer área; e em Ciências Biológicas ou na área da Saúde, com Mestrado na área de Ciências Biológicas ou Ciências da Saúde. A inscrição custa R$ 100,00 e pode ser feita exclusivamente pela internet.

A data a realização do processo seletivo será no dia 24 de novembro, compreendendo dois momentos: prova didática e prova de títulos. A remuneração pode chegar a quase R$ 4.800,00, a depender do regime de trabalho e titulação. Acesse aqui o edital do processo seletivo.

Empresário foi atingido por bala perdida
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma tentativa de assalto, nesta terça-feira (27),  na Avenida Otávio Mangabeira, no centro de Canavieiras, resultou na morte de um empresário e na prisão do suspeito de efetuar os disparos. De acordo com testemunhas, dois homens invadiram uma loja de aparelhos celulares e acessórios e anunciaram o assalto.

Segundo informações preliminares, o comerciante Adriano Dantas de Almeida, mais conhecido como “Adriano Cigano”, teria reagido e atirado contra os dois bandidos, que  conseguiram fugir do estabelecimento.  Um dos disparos acabou atingindo o empresário Henrique Vasconcelos, de 60 anos.

Vasconcelos era proprietário de uma loja de móveis  que funciona em frente ao estabelecimento onde ocorreu a tentativa de assalto. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Régis Pacheco, mas não resistiu.  “Adriano Cigano” está detido na delegacia da Polícia Civil de Canavieiras.

A polícia vai usar imagens de câmeras de segurança da loja de celulares para tentar identificar os bandidos. Moradores de Canavieiras lamentaram a tragédia e disseram que o empresário suspeito de ter feito os disparos para impedir o assalto é uma pessoa muito querida na cidade.

Tempo de leitura: 4 minutos

As pesquisas estão aí, realizadas a cada semana para mostrar a força de cada grupo, de cada candidatura, mas continuam guardadas a sete chaves, longe das vistas de curiosos sob pena de fazer ruir os castelos de areia ameaçados pelas fortes ondas da maré cheia que avança pelas praias ilheenses.

 

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

A eleição presidencial de 2018 foi rica em ensinamentos e quem buscou o aprendizado agora nada de braçadas na eleição municipal neste ano de 2020, em que a pandemia tratou de mudar, ainda mais, o comportamento e costumes da sociedade. Os novos, ou diferentes, trataram de ocupar seus espaços e fizeram com maestria, falando a verdade, olho no olho, sem ter o que esconder da população.

E assim está sendo por todo esse imenso Brasil, exceto em algumas cidades, que embora não seja tão insignificativo que não merece um estudo maior, devido a diferenças paroquiais atávicas. No sul da Bahia uma cidade me chama a atenção: a tradicional Ilhéus, que volta e meia chuta o pau da barraca, dá um freio de arrumação e desbanca a velha e coronelista política.

O que acontece em Ilhéus é por demais importante para a sucessão no estado da Bahia, haja vista as duas forças políticas postas como as preferidas do eleitorado baiano. Uma, a liderada pelo governador petista Rui Costa e, do outro lado, aparece o prefeito de Salvador, ACM Neto, considerado o melhor prefeito de capital conforme apresenta todos os institutos de pesquisa.

Mas o que tem ACM Neto a ver com a escolha do futuro prefeito de Ilhéus? Tudo, digo eu, e explico. Conforme deixou claro, o melhor prefeito do Brasil pretende influir no pleito de 15 de outubro em vários municípios e Ilhéus se tornou a preferida. E o seu candidato é o empresário Valderico Junior, que desponta no tabuleiro político como o representante da verdadeira mudança.

Com a vitória do candidato de ACM Neto em Ilhéus, o prefeito e provável futuro candidato a governador, conforme mostram as pesquisas, pavimenta uma enorme avenida em direção ao palácio de Ondina. Por outro, faz vestir os pijamas listrados da aposentadoria política muitos adversários, a exemplo de Jabes Ribeiro, a deputada Ângela Sousa, Cacá Colchões, que abandonou o voo solo, e Ednei Mendonça, há anos liderando o petismo.

O que Valderico Junior apresenta de novo para que represente esse desejo de mudança da população? A esperança dos que ano após ano votam nos mesmos, com as velhas promessas e as conhecidas desculpas. Pouco ou nada fazem, embora pretendam se manter por décadas a fio no poder. Perderam a noção de tempo e do espaço e ainda se julgam os coronéis, chefes de jagunços armados de parabéluns e repetições.

As armas para a guerra eleitoral de hoje são outras, bem diferentes daquelas que vomitavam chumbo e terror. São simples smartfones, carregados de máquina fotográfica, filmadora, gravador, dentre outros aplicativos que fazem uma notícia correr o mundo com um simples clique no facebook, instagram, twitter. E causam um terror maior do que uma bomba atômica por mostrar, em tempo real, as mentiras, a corrupção, a falta de compromisso.

E foi com um aparelhinho desses que esses dias recebi imagens de alguns representantes da velha políticas serem enxotados de um dos morros ilheense sob protestos, estrepitosas vaias e palavras de ordem. Os velhos coronéis perderam o comando, o povo não mais se entusiasma com a retórica ultrapassada, os discursos rococós repetidos com exaustão a cada período eleitoral, para nunca serem cumpridos.

Se analisarmos bem, muitos são os candidatos que se apresentam em Ilhéus. Alguns são mais dos mesmos, outros representam segmentos fechados e um deles aparece desafiando o atavismo político. De início não acreditaram, apenas e tão somente por não ter pertencido aos seus grupos, ter vindo da mesma escola da enganação e da visão caolha da gestão pública.

Se enganaram redondamente e a luz vermelha acendeu com tanta intensidade, que a luminosidade chegou a Salvador, subiu ao palácio de Ondina atrapalhando os planos políticos de Rui Costa no sul da Bahia. No grupo aliado do governador, liderado pelo senador Otto Alencar, o crescimento de Valderico Junior caiu como um tsunami na estratégia de manter o poder por mais quatro anos no Palácio da Conquista.

Mas o que tem esse garoto que por muitos anos comandou a música que sempre trouxe alegria para o ilheense do morro e do asfalto a preocupar os poderosos da política de Ilhéus e Salvador? Para os que ainda não sabem, ele fala a mesma linguagem do povo, mostra com simplicidade o que poderá fazer para diminuir as diferenças econômicas e sociais, uma receita simples quando honesta nos propósitos.

As pesquisas estão aí, realizadas a cada semana para mostrar a força de cada grupo, de cada candidatura, mas continuam guardadas a sete chaves, longe das vistas de curiosos sob pena de fazer ruir os castelos de areia ameaçados pelas fortes ondas da maré cheia que avança pelas praias ilheenses. Como diz a sabedoria popular, as velhas raposas já não amedrontam como antes e nem mesmo convencem.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia confirmou 1.772 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.397 recuperados (+0,4%) nas últimas 24 horas, além de 22 óbitos. Dos 347.721 casos confirmados desde o início da pandemia, 333.046 já são considerados recuperados e 7.156 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,34%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia ((8.235,37), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.484,29,) Madre de Deus (6.414,45), Apuarema (6.084,58).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 708.594 casos descartados e 83.410 em investigação até as 17 horas desta terça-feira (27). Na Bahia, 28.640 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 22 óbitos que ocorreram no período que vai de 19 de setembro a 26 de outubro. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.519, representando uma letalidade de 2,16. Dentre os óbitos, 56,03% ocorreram no sexo masculino e 43,97% no sexo feminino.

Procura de empresas por crédito registra queda em setembro || Foto Miguel Angelo
Tempo de leitura: < 1 minuto

A procura das empresas por crédito registrou queda de 3,3% em setembro, em comparação com o mesmo mês de 2019. É o terceiro mês consecutivo de queda no Indicador de Demanda das Empresas por Crédito da Serasa Experian, divulgado hoje (27).

A procura das micro e pequenas empresas por crédito foi a que mais caiu, com declínio 3,4%. Em seguida aparecem as médias (3,3%) e grandes (1,2%).

As empresas da Região Sudeste lideraram a retração, com queda de 7,3%, seguidas pelas do Sul, que apresentou declínio de 1,2%. Já o Centro-Oeste (1%), Norte (5,2%) e Nordeste (1,4%) apresentaram números positivos na demanda por crédito.

O setor da indústria foi o que teve maior queda no interesse por crédito em setembro, de 5,6%, seguido por serviços, de 3,8%, e comércio, 2,6%.

“A sensação de incerteza sobre as reformas administrativas e tributárias costuma deixar os donos de negócios mais cautelosos. O que muitas das vezes pode levar ao adiamento da busca por crédito”, disse o economista da Serasa Experian Luiz Rabi.

Já na comparação mensal, de setembro ante agosto houve variação positiva na busca por crédito, com crescimento de 2,5%. Os segmentos do comércio e serviços registraram alta de 2,5% cada, enquanto a indústria teve aumento de 1,6%.

Augusto durante reunião falou das prioridades na saúde || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Candidato a prefeito de Itabuna pelo PSD, Augusto Castro disse que requalificar o atendimento médico-hospitalar público será prioridade, caso eleito, com a melhoria das unidades da rede básica e da média e alta complexidade. Das primeiras medidas, segundo ele, estão a reabertura do Hospital São Lucas, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia e o Governo do Estado, e o Cemepi (antigo Ipepi) para o atendimento pediátrico.

“Vamos trabalhar nos primeiros 100 dias, a partir de janeiro de 2021, para que os cidadãos sejam atendidos nas suas necessidades na área de saúde. Atualmente, as pessoas sofrem nas filas nas unidades, na regulação e não têm atendimento razoável junto aos prestadores de serviço contratados pelo SUS. Precisamos mudar esta cruel realidade que acaba causando graves prejuízos à assistência médica e hospitalar das pessoas”, afirmou ele durante reunião com comerciantes de lanches da Praça Camacã e moradores do Banco Raso.

O Hospital São Lucas, na opinião de Augusto Castro, é um equipamento indispensável para atender as pessoas de Itabuna e da região sul do Estado que necessitam de atendimento. “O atual estágio de abandono é inconcebível. Conversei com o secretário estadual de Saúde, Fábio Villas Boas, de quem temos a garantia de recursos da ordem de R$ 2 milhões para que a unidade seja exclusivo pelo SUS com diversas especialidades”, afirmou

O candidato disse que o Cemepi voltará a atender pelo SUS para socorrer as crianças, as mães e as famílias. Augusto recordou que, como deputado estadual, conseguiu verba de R$ 400 mil, “dinheiro que está nos cofres da Prefeitura de Itabuna”. Segundo ele, o prefeito Fernando Gomes não assinou contrato com a direção do Cemepi. “Tenho confiança que, a partir do próximo ano, a unidade vai entrar em funcionamento”, assegurou.

Tempo de leitura: < 1 minuto

Preventiva de Marcos Gomes foi convertida em prisão domiciliar

Ao revogar a prisão preventiva do comerciante e ex-servidor público Markson Monteiro de Oliveira, Marcos Gomes, o juiz da Comarca de Ibicaraí, Alex Venícius Campos Miranda, determinou que o mesmo cumpra prisão domiciliar e use tornozeleira eletrônica. A decisão cautelar é desta terça-feira (27).

Marcos Gomes foi condenado em primeira e segunda instâncias pela tortura e morte do vaqueiro Alexsandro Honorato. O crime ocorreu em Floresta Azul em 2 de dezembro de 2006, conforme investigações da Polícia Civil.

Marcos Gomes deverá cumprir prisão domiciliar e usar tornozoleira

Na decisão em que converte a prisão preventiva de Marcos Gomes em domiciliar, o magistrado também fez observações sobre o açodamento do Ministério Público da Bahia (MP-BA) ao deflagrar a operação que prendeu o comerciante, no último dia 20 (confira mais abaixo).

Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato a prefeito pelo DEM, Valderico Junior, disse que o presidente nacional do Democratas e prefeito de Salvador, ACM Neto, vai participar da sua carreata, a partir das 15 horas da próxima sexta-feira (30), em Ilhéus.

“Tenho certeza de que a presença do melhor prefeito do Brasil em Ilhéus vai ser um marco decisivo para a nossa vitória”, disse Valderico Junior. “Convido todas e todos que nos apoiam a participar desse ato”, concluiu o candidato. Em vídeo divulgado nas redes sociais, ACM Neto confirmou sua participação na carreata.

Tempo de leitura: 2 minutos

Os empresários do setor da moda estão cautelosos com o movimento de retomada da economia. Segundo pesquisa realizada pelo Sebrae, a grande maioria reduziu o volume de compras ou desistiu de adquirir novas coleções para a próxima temporada, em comparação com 2019 (20% não compraram e 39% reduziram o volume de compras acima de 30%).

Para esses empreendedores, os maiores desafios para a retomada e sobrevivência do negócio são capital de giro (50%), planejamento de compras e giro de estoques (27%), o fato dos produtos e serviços de moda não serem vistos como essenciais (25%) e os controles financeiros pós-pandemia (23%).

O levantamento, finalizado em 9 de setembro, mostrou que 84% das empresas da moda já retomaram as atividades (resultado pouco acima da média do conjunto da economia – 81%). Apesar disso, essas empresas (em sua maioria, pequenos negócios), ainda sofrem uma perda ligeiramente maior de faturamento (-42%), quando comparado ao período antes da crise. Na média de todos os setores, a perda de faturamento é de 40%.

As reduções de faturamento mais expressivas estão nos segmentos de moda praia (-76%), moda sustentável ou agênero (-48%) e moda infantil e uniformes/fardamento (-46%). Na situação oposta, os segmentos de moda lar (-23%) e moda íntima (-25%) foram os que registraram o menor nível de perdas, em comparação com o período pré-crise.

ESTRATÉGIAS

De acordo com a pesquisa, o investimento nas plataformas digitais (50%) e no delivery (20%) foram as principais estratégias adotadas pelas empresas da moda para reduzir as perdas de faturamento.

Os empresários entrevistados informaram que, nos próximos seis meses, as principais estratégias que eles pretendem implementar são: ampliar as ações de vendas digitais (44%), rever a gestão dos estoques (21%), adequar a empresa aos protocolos (20%), investir em mudar o visual da loja (16%) e mudar a gestão do negócios (12%).

CRÉDITO

Ainda segundo o levantamento, 50% dos empresários da cadeia produtiva da moda buscaram empréstimos desde o início da pandemia. A exemplo do que ocorreu em outros segmentos da economia, a minoria deles (24%) tiveram o pedido de crédito aprovado pelas instituições financeiras. De acordo com os empresários, o CPF negativado (12%) e o registro negativo no Cadin/Serasa (5%), foram as principais alegações apresentadas pelas instituições financeiras para a rejeição dos empréstimos.

NÚMEROS DA PESQUISA

(Confira números da pesquisa clicando em “leia mais”, abaixo)

Leia Mais

Foto Neandra Pina
Tempo de leitura: 2 minutos

O juiz Alex Venicius Campos Miranda revogou a prisão preventiva de Markson Monteiro de Oliveira, mais conhecido como Marcos Gomes, decretada por homicídio qualificado na cidade de Itabuna. Marcos é filho do prefeito Fernando Gomes. Ele havia sido preso no último dia 20 e já foi condenado por tortura, morte e cárcere privado do vaqueiro Alexsandro Honorato em 2 de dezembro de 2006, em Floresta Azul (reveja aqui).

A prisão preventiva havia sido expedida em fevereiro de 2017. Por decisão do juiz Alex Venícius Miranda, Gomes cumprirá prisão domiciliar.

Segundo o pedido da defesa, em fevereiro deste ano, o desembargador Júlio Travessa, da 1ª Turma da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou o encaminhamento das peças necessárias da decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a decisão que revogou a prisão, o ministro determinava a soltura do réu por não haver trânsito em julgado da condenação por homicídio, com a exceção caso existisse alguma prisão cautelar pendente de ser cumprida. O juiz diz que recebeu do desembargador a determinação de soltura sem “qualquer documento que apontasse a existência qualquer outra prisão”. Por isso, o magistrado determinou a soltura no dia 7 de julho de 2020, se por acaso o réu não estivesse preso. “E não estava. Tanto que o cartório procedeu à emissão do competente alvará”, diz no despacho.

O magistrado diz que foi surpreendido com a decisão do desembargador na última terça-feira (20), com a alegação de que o réu foi preso em uma “operação” realizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA).

“Ocorre que, conforme relata a defesa, não há qualquer decretação de preventiva por parte do eminente desembargador. O que ocorre é o que só neste momento, por ordem do referido desembargador, incluiu-se no sistema do Banco Nacional de Mandados de Prisão, um decreto de prisão preventiva de 08/02/2017. Ou seja, a decisão que decretou a preventiva no ano de 2017 não determinou a inclusão do mandado no BNMP, sendo feita apenas na data de 20/10/2020, data do cumprimento da prisão do requerente”, afirma o juiz Alex Venicius.

O magistrado ainda salienta que, em nenhum momento, o MP-BA fez menção ao fato que ele havia determinado a soltura do réu por conta da decisão do ministro Celso de Mello. “Nem no parecer do Ministério Público, nem na decisão do desembargador Júlio Travessa há menção a este fato. Mas, repito: desde 7 de julho de 2020, o requerente encontra solto, sem qualquer notícia de prática de delito ou qualquer outro fato que represente ameaça à ordem pública.Leia Mais

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Departamento de Polícia do Interior (Depin), por meio de investigação da 19ª Coorpin (Senhor do Bonfim) e apoio da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (27), a operação Gunsmith. Ordens judiciais estão sendo cumpridas em cincos cidades da Bahia.

Integrantes de duas organizações criminosas, envolvidos com tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, homicídios e corrupção de menores são alvos da ação da Polícia Civil. Mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Senhor do Bonfim, Juazeiro, Lauro de Freitas, Feira de Santana e Barreiras.

Itabuna registra 371 mortes por Covid-19.
Tempo de leitura: < 1 minuto

Sinal vermelho ligado na guerra contra o novo coronavírus em Itabuna. O principal município do sul da Bahia confirmou quase 200 casos de covid-19 e quatro óbitos da doença em apenas 24 horas.

O número de infectados saltou de 13.208 no domingo (25) para 13.405 nesta segunda (26), segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). É a maior quantidade de casos para o período de apenas 24 horas desde o período de julho e agosto, fase mais incisiva da doença.

Houve também aumento no número de pessoas que faleceram por complicações causadas pelo novo coronavírus, de 322 no domingo para 326 nesta segunda. A SMS, porém não informou quando ocorreram as mortes.

A informação que traz alento é que o número de pacientes recuperados da doença (já sem sintomas) aumentou em proporção semelhante à de novos casos. Eram 12.659 no dia anterior. Ontem à noite, passou a 12.859. Já o número de casos ativos, pessoas em recuperação e que ainda podem estar transmitindo a doença, caiu de 227 para 220.

OCUPAÇÃO DE LEITOS DE UTI

O número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pessoas com a covid-19 saiu de 20 para 21 no período, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna. A ocupação de leitos clínicos, para casos menos graves, caiu de 27 para 25. Já o de semi-intensiva, foi de 2 para 3 leitos ocupados em igual período.