Secretaria de Saúde de Ilhéus não pagou horas extras de servidores, informa Sinsepi
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Ilhéus (Sinsepi) convocou a categoria para uma assembleia extraordinária. Na reunião, marcada para as 17 horas desta sexta-feira (5), os trabalhadores vão avaliar a proposta de paralisação das suas atividades como forma de pressionar o governo Mário Alexandre a pagar as horas extras dos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), informa o comunicado da entidade sindical.

Ao PIMENTA, o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, explicou que tenta obter informações da Secretaria de Gestão e Tecnologia sobre os pagamentos. “Quem trabalhou vai receber”, disse. Ele estima que o problema será resolvido na segunda-feira (8) ou, no máximo, até terça (9).

Atualizada às 15h57.

 

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.