O ministro Paulo Guedes
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Governo Federal se empenha para que o auxílio emergencial, interrompido em dezembro de 2020, seja restabelecido “o mais rápido possível”. O Posto Ipiranga, apelido dado ao ministro pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não confirmou data para a volta do socorro financeiro.

Paulo Guedes falou sobre assunto na tarde desta sexta (12), após reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Segundo Rodrigo, o objetivo do Congresso Nacional é viabilizar a volta do auxílio em março, com duração até junho, a princípio.

O valor do auxílio de 2021, que foi de R$ 600 em 2020, ainda não está definido. Na quarta-feira (10), Bolsonaro disse que estuda a possibilidade de pagar três parcelas de R$ 200 na próxima versão da ajuda financeira aos desempregados e trabalhadores informais.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.