Vista aérea de Ilhéus || Foto José Nazal
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) investiga se uma adolescente de 15 anos morreu por complicações da variante P.1, da Covid-19, de Manaus, em Amazonas. A menor deu entrada no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, para uma cirurgia. Porém, a menina acabou testando positivo para a doença. O óbito ocorreu no sábado (6).

Por isso, os ilheenses precisam ficar ainda mais atentos com o novo coronavírus. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) reforçou, nesta quinta-feira (11), que duas variante potencialmente mais transmissíveis já estão circulando em Ilhéus. Uma dessas variantes é do Reino Unido, que é muito contagiosa e mais letal.

A outra variante que circula no município do sul da Bahia é a P.1, de Manaus. De acordo com a Fiocruz, adultos infectados por essa variante têm uma carga viral muito alta que por outras cepas. A maior carga viral contribui para a propagação mais rápida da doença.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.