Saulo Góes em foto com a esposa, a coach Carla Silveira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Saulo Salomão Góes é a 531ª vítima do novo coronavírus em Itabuna. Funcionário da área de logística da Cargill, Saulo estava internado há mais de duas semanas por causa da covid-19 e faleceu na noite desta quarta-feira (19).

Ele estava internado no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, desde o dia 2 de maio. Familiares e amigos iniciaram uma corrente de orações pela recuperação do jovem, porém ele não resistiu após 17 dias lutando pela vida.

Saulo tinha 38 anos e deixa a esposa, a gestora de RH e coach Carla Silveira. O velório será restrito a familiares, seguindo protocolos da pandemia. Nas redes sociais, familiares e amigos lamentam a morte prematura. Deixa legião de amigos, dentre eles a head trainer e gestora de RH e Qualidade Jaciara Santos.

COVID-19 EM ITABUNA

Nas últimas 24 horas, Itabuna registrou oito mortes provocadas pela Covid-19, conforme números divulgados pela Vigilância Sanitária e o registro desta noite.

Até o final da tarde, o município havia confirmado 530 óbitos, com 631 casos ativos (pacientes internados ou em isolamento em casa), 7 leitos de UTI disponíveis e total de 29.879 casos confirmados, dos quais 28.718 curados.

4 respostas

  1. Meus sentimentos a toda família. Saulo, grande amigo, trabalhamos juntos na Nestlé, era sorrisos o dia todo ao lado dele, um cara que gostava de muitas resenhas, brincadeiras, não tinha tempo ruim pra ele.
    Sentirei saudades meu amigo!
    Estou fora da Bahia, soube através de uma amiga, quão triste essa notícia.
    Deus abençoe à toda família.
    Vá em paz meu amigo 🙏

  2. Meu sincero sentimentos de pesar pela transferência do jovem Saulo. Que o bom Pai Celestial acolha no Reino Celestial e dê forças e conforte seus familiares parentes e amigos funcionários e funcionárias da Cargill.

  3. Que Deus na sua infinita bondade receba meu amigo Saulo em seu braços, fará muita falta, um excelente profissional, um ótimo amigo, Deus conforte a sua família e a esposa Carla que ele tinha tanto amor, difícil acreditar !

  4. Meu abraço de consolo ao pai de Saulo, meu ex-colega de trabalho José Raimundo Góes. Estou profundamente consternado pelo ocorrido. Que você e Dilza encontrem paz no amparo de Jesus Cristo.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *