A crise hídrica que atingiu Ilhéus em 2016 reduziu drasticamente o nível da represa do Iguape || Foto José Nazal
Tempo de leitura: 2 minutos

Neste sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, o memorialista e ex-vice-prefeito José Nazal (Rede) fez um alerta à população de Ilhéus sobre o avanço do desmatamento nos arredores da represa do Iguape, responsável pelo abastecimento de água da maior parte das residências do município.

Na imagem feita por Nazal em 2013, a fartura de água na represa do Iguape

“Consciente de que publicações sérias não são levadas a sério (quase nunca “bombam”), insisto em fazer mais uma, considerando a importância do dia de hoje, que é dedicado ao Meio Ambiente. É a questão de um dos bens mais importantes e vital para a humanidade: a água. No caso específico de nossa cidade, estamos assistindo ao descaso com o nosso maior manancial, a represa do Iguape, que completará cinquenta anos em 2022. Cada dia que passa, há mais desmatamento nas matas ciliares dos rios Iguape e São José, além dos barramentos irregulares já identificados”, escreveu Nazal nas redes sociais.

José Nazal: “Sejamos mais preocupados! Nossas futuras gerações merecem”

As matas ciliares são aquelas que protegem as margens dos rios e nascentes, diminuindo processos erosivos naturais e mantendo as condições necessárias à continuidade do ciclo das águas.

Ex-secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus, Nazal ilustrou seu alerta com imagens aéreas da represa, feitas por ele em 2013 e 2016. A mais antiga mostra o belo contraste entre o verde escuro da Mata Atlântica e o azul da água.

A outro imagem (no topo desta matéria) é um registro dos efeitos da crise hídrica que atingiu Ilhéus há cinco anos, quando o nível da represa Iguape desceu de forma drástica, e a Embasa precisou recorrer ao rio Santana e à represa da Boa Esperança para fornecer água à população.

“Sejamos mais preocupados! Nossas futuras gerações merecem”, conclui José Nazal.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.