Secretária quer ampliar acesso a cursos profissionalizantes em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza Andrea Castro afirmou nesta sexta-feira (17) que a ampliação do acesso a cursos profissionalizantes é uma forma de reduzir a violência urbana. “O combate à violência é uma questão de segurança pública, mas também de ações de inclusão social e de capacitação profissional, especialmente para a juventude, criando novas oportunidades de acesso ao mercado de trabalho em Itabuna”, disse.

Quando desativou o lixão da cidade, no início de maio, a Prefeitura acolheu as famílias que moravam e trabalhavam no local. Desde então, os trabalhadores recebem auxílio financeiro e capacitação técnica para atuar como catadores de material reciclável. A partir de outubro, vão trabalhar no Centro de Reciclagem do programa Recicla Itabuna.

Para Andrea, o caso dos catadores é um exemplo do poder transformador da inclusão social pelo trabalho. A iniciativa do município recebeu elogio público do governo federal (relembre).

A secretária também citou os cursos oferecidos a moradores dos condomínios do Minha Casa, Minha Vida. Ministrados pelo Senai numa parceria com a Caixa e a Prefeitura, os cursos terão 700 vagas. Nos próximos dias, o governo municipal iniciará o cadastramento dos interessados em participar da capacitação.

2 respostas

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.