Evento reúne gastronomia, música, teatro, tecnologia e negócios ligados ao cacau || Foto AnaLee
Tempo de leitura: 3 minutos

A décima segunda edição baiana do Festival Internacional do Chocolate e Cacau começará nesta quinta-feira (16), no Centro de Convenções de Ilhéus, com extensa programação até o próximo domingo (19). As atrações vão desde grandes nomes da culinária a atividades recreativas para crianças, passando por fóruns, apresentações musicais e teatrais, além do Ateliê do Chocolate. No espaço, o chefe Abner Ivan produzirá uma Árvore de Natal usando 350 quilos de chocolate. O público vai acompanhar tudo de perto ou via internet.

A Cozinha Show abrirá o evento, às 18h30min, sob o comando do chefe Júnior França. Depois, às 20h, será a vez do chefe André Cabral. Ambos vão apresentar receitas exclusivas com os ingredientes do cacau. Ainda na noite desta quinta (16), o evento traz apresentações das bandas Maracatu Estrela da Serra, Mulheres em Domínio Público e Forró Quatro Estações.

Na sexta-feira (17), acontece o Fórum Brasileiro do Cacau, com painéis sobre a cacauicultura no Brasil e no mundo, produção de cacau fino, sustentabilidade da cultura do cacau e avanços tecnológicos. Um dos convidados do segundo dia do festival, o especialista em blockchain e trader Tassio Gil vai falar sobre a tokenização do cacau.

No mesmo dia, das 16h às 20h, as oficinas da Cozinha Show serão ministradas pelos chefes André Cabral, Elise Hadassa e Clécio Campos. As atividades artísticas ficarão por conta da banda Putorkestra, da cantora e compositora Eloah Monteiro e do grupo de capoeira do mestre Luiz Capeta.

No sábado (18), o público poderá conferir receitas inéditas dos chefes Lucas Corazza, Tereza Paim e Zilma Helena. Também acontecerá o Chocoday, com painéis e palestrantes nacionais e internacionais, discutindo as técnicas do mundo do chocolate. Na área cultural, o cantor e compositor Cijay e as bandas Família Caribe e A Baga vão animar o público.

O último dia do evento, domingo (19), terá os chefes Abner Ivan, Laurent Rezette e Manoel Franklin no comando da Cozinha Show e as apresentações da Companhia Circo da Lua e Grupo Maktub.

TÚNEL CABRUCA, EXPOSIÇÃO DO CACAU E ESPAÇO KIDS

Ao entrar ou sair do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, os visitantes passarão pelo Túnel Cabruca, onde serão estimulados por experiências sensoriais que remetem ao cultivo do cacau sob a Mata Atlântica, característica central da indicação geográfica do fruto que dá nome à região cacaueira.

Na Exposição do Cacau, o visitante conhecerá um pouco da história do chocolate, além dos tipos de cacau comuns na Bahia reproduzidos em resina. Outro espaço fixo do evento é a tradicional Cozinha Kids, que oferecerá minicursos de confeitaria aos pequenos com idade de cinco a dez anos.

CHOCOLAT FESTIVAL COMPLETA 12 ANOS DE HISTÓRIA

Criado em 2009, o Chocolat Festival é considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil e reúne toda a cadeia produtiva da planta. Na edição 2021, produtores, chocolateiros, jovens empreendedores, chefes especializados, pesquisadores e técnicos podem acompanhar o que os 120 expositores têm a apresentar sobre as inovações a produção de cacau e chocolate.

O Chocolat Bahia 2021 é realizado pela MVU Promoções e Eventos e conta com o apoio financeiro do Governo da Bahia através do Fundo de Cultura, da Secretaria Estadual de Cultura e da Secretaria Estadual da Fazenda.

REGRAS SANITÁRIAS

O Festival irá acontecer em formato híbrido, de forma presencial e online. As pessoas poderão acompanhar a transmissão através do endereço digital.chocolatfestival.com. O evento seguirá todos os protocolos de prevenção à covid-19 e as orientações do Governo do Estado e da OMS. Para acessar o local, será preciso comprovar pelo menos duas doses da vacina. O uso de máscaras será obrigatório.

Mais informações estão disponíveis nas redes sociais do evento (@chocolat_festival) e no site bahia.chocolatfestival.com. O folder da programação está neste link.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.