Botijões são levados pela água do Rio Cachoeira
Tempo de leitura: 2 minutos

Já são mais de 30 horas de fortes chuvas no sul e sudoeste da Bahia, com vários rios transbordando e inundando cidades quase que inteiras.  A situação é muito crítica em Itabuna, Pau Brasil, Itapé, Ibicaraí, Itapitanga, Uruçuca, Itajuípe, Coaraci, Pau Brasil, Mascote, Floresta Azul, Dário Meira, Ilhéus, Itororó, Ubaitaba e Itacaré.

Bombeiros resgatam ilhados na região do Atacadão

Em Itabuna, são mais de 300 famílias desabrigadas e o prefeito Augusto Castro decretou situação de emergência. A água do Cachoeira subiu mais de nove metros, atingiu a calçada da praça Rio Cachoeira e as calçadas nas avenidas Firmino Alves e Francisco Ribeiro Júnior.

A água do Rio Cachoeira alagou centenas de casas em vários bairros de Itabuna, Itapé e Ilhéus. Em Itabuna, uma distribuidora de gás de cozinha foi invadida pela água e centenas de botijões desceram rio abaixo.  A situação provocou uma correria de pessoas que se aproveitaram de triste situação. De acordo com a Defesa Civil, choveu quase 108 milímetros nas últimas horas em Itabuna.

Em Ilhéus, há centenas de pessoas desabrigadas pelas fortes chuvas que caem no sul da Bahia. A água do Cachoeira invadiu dezenas de casas nos bairros Salobrinho e Banco da Vitória. No bairro Pontal, em Ilhéus, a cena inusitada foram 14 peixes que apareceram no Aeroporto Jorge. A previsão são que as chuvas continuem castigando a cidade neste domingo (26).

Peixes invadiram pista no aeroporto de Ilhéus

Em Itapé, que teve várias ruas inundadas pela água do Rio Cachoeira,  a cena inusitada foram porcos fugindo de um chiqueiro. Os animais atravessaram a rua e conseguiram escapar. As chuvas deixaram mais de mil famílias desabrigadas no sul da Bahia.  A BR-415 segue interditada em dois trechos entre Ilhéus e Itabuna e outros dois trechos entre Itabuna e Ibicaraí.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.