Léo da Capoeira e Marcone Amaral pedem socorro para lidar com efeitos das chuvas
Tempo de leitura: < 1 minuto

No fim da tarde desta segunda-feira (27), em vídeo publicado no Instagram, o prefeito Marcone Amaral (PSD) pediu a ajuda dos governos estadual e federal para lidar com os impactos da cheia do Rio Almada em Itajuípe, no sul da Bahia. Cerca de 70% dos 21 mil habitantes da cidade foram afetados de alguma forma pela tragédia socioambiental que, até o momento, deixou 72 municípios baianos em situação de emergência.

Ao lado do vice-prefeito Léo da Capoeira (PSD), Marcone informa que a população sofre com a falta de água potável e comida. “Todo mundo já está sentindo sérias necessidades em tomar água, em se alimentar”, declarou o prefeito, em tom de desabafo, visivelmente emocionado (assista abaixo). Na noite de ontem (27), após o apelo, o Governo da Bahia enviou um caminhão com mantimentos para Itajuípe.

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.