Médico, Feruk rejeitava a ideia de ser vacinado contra covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico e ex-prefeito de Eunápolis Feruk Felippe Abrahão faleceu, na tarde deste sábado (29), vítima de complicações decorrentes da covid-19. Dr. Feruk tinha 84 anos e havia rejeitado a ideia de tomar a vacina contra o coronavírus, relata o site Radar64.

Dr. Feruk estava internado há cerca de duas semanas no Hospital Ames, do qual foi fundador. Com o quadro grave da doença, acabou transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém não resistiu à gravidade da doença.

O médico e político foi o segundo prefeito da história de Eunápolis. Governou a cidade no período de 1993 a 1996, sendo sucessor de Gediel Sepúlveda.

O médico deixa esposa, Dona Venina, e três filhos.

3 respostas

  1. Doutor FERUK o senhor vai deixar muitas saudades aqui,estamos muito triste com sua partida,vai em paz, obrigado pelos aprendizados que o senhor deixou pra nós,e um dos homens mais íntegros,honesto que já conheci…..Hj o que nos define e saudades e muita gratidão por tudo pelas vidas que salvou pelas vidas que trouxe ao mundo ❤️😢palmas👏👏👏👏pra esse grande homem e pai de família🙌

  2. Lamentável um profissional da saúde com esse tipo de atitude, a ponto de perder a própria vida.
    VACINA É VIDA..

  3. Em vida pregou o negacionismo mesmo sendo quem deveria ser exemplo por atuar na saúde… Com morte fica o inverso, pois sua própria morte prega o contrário. Vai paz dr Feruk

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.